Header Ads

Em duelo britânico, Inglaterra vira no último lance contra o País de Gales

Na manhã desta quinta-feira (16), Inglaterra e País de Gales fizeram o clássico britânico válido pela 2ª rodada do Grupo B da Eurocopa. Gareth Bale abriu o placar para os Dragões no primeiro tempo, mas Jamie Vardy e Daniel Sturridge, já nos acréscimos da etapa final, garantiram os três pontos para os Three Lions.

Sturridge virou o jogo aos 47' do 2º tempo. Foto: Reuters
O técnico Roy Hodgson preferiu não mudar a escalação da estreia diante dos russos voltando a apostar em um ofensivo 4-3-3. Eric Dier e Dele Alli atuaram com funções mais defensivas, deixando Rooney no meio de campo jogando como um clássico camisa 10. O ataque formado por Lallana, Harry Kane e Sterling prometia movimentação para confundir a defesa galesa.

A estratégia não surtiu efeito nos primeiros 45 minutos, a Inglaterra teve um toque bola estéreo sem pressionar os rivais e como castigo, ainda levou o gol na parte final do primeiro tempo. Hodgson agiu rápido e logo na volta do intervalo promoveu as entradas de Vardy e Sturridge nos lugares de Kane e Sterling.

Com 11 minutos, a estrela do técnico brilhou pela primeira vez, Jaime Vardy foi as redes e empatou para os Three Lions. Sabendo que mais um empate complicaria sua situação na classificação, Hodgson mudou pela terceira vez o ataque, o jovem Rashford entrou no lugar de Lallana. A ousadia do técnico foi premiada nos acréscimos, Sturridge virou o jogo e a estrela do comandante brilhou pela segunda vez. A Inglaterra chegou aos quatro pontos na liderança do Grupo B e enfrenta a Eslováquia, na próxima segunda-feira (20), às 16h, em Saint-Étienne, para fechar sua participação na fase de grupos da Eurocopa.

Gareth Bale abriu o placar aos 42' do 1º tempo. Foto: Reuters
Esse era o confronto mais difícil que o País de Gales esperava nessa primeira fase. Enfrentar a equipe que ganhou todas as partidas das Eliminatórias não seria tarefa fácil.

Como se esperava, o jogo foi difícil para os Galeses, que se viram dominados durante todo primeiro tempo. Com a Inglaterra pressionando a saída de bola, os Dragões só tinham um recurso: usar a bola longa para Robson-Kanu, que isolado, brigava por todas as bolas.

Os ingleses criaram mais chances, chegaram mais vezes ao gol, entretanto, quem levou a vantagem no final da primeira etapa, foi o País de Gales que conseguiu abrir o placar no finalzinho do tempo, com gol de falta de Gareth Bale e “ajudinha” de Hart.

No segundo tempo, os Galeses caíram ainda mais de produção, abdicaram do ataque e só se utilizavam da marcação. A bola e os jogadores recém-saídos do banco, Vardy e Sturridge, puniram a Seleção Galesa, que não soube administrar o placar. O primeiro se aproveitou de um desvio errado de Ashley Williams e com muito oportunismo, fez o gol do empate.

A virada viria justamente nos minutos finais, assim como o primeiro gol do País de Gales. Após triangulação entre Vardy, Dele Alli e Sturridge, o último completou para o gol quase na entrada da pequena área, fazendo 2x1. O próximo jogo do País de Gales é contra a Rússia, também na segunda-feira (20), às 16h. A Seleção espera um jogo mais “fácil”, onde possa jogar de forma mais ofensiva e garantir a classificação.

Lucas Felipe (@lsouza73) e Cássia Gouvêa (@_cassiagouvea)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.