Header Ads

Espanha da aula e bate sem dificuldades a Turquia

Um time extremamente técnico, contando com uma defesa forte demais e um meio campista gênio, essa é a Espanha, que enfrentou pela segunda rodada da Eurocopa uma limitada e acovardada Turquia, resultado? Um banho de bola proporcionado pelos espanhóis, e o que resta para a Turquia é ter fé, pois mesmo tendo apresentado um futebol pífio nas primeiras duas rodadas, ainda pode chegar as oitavas como um dos quatro melhores terceiros colocados.

A Turquia nem viu a cor da bola. Foto: Uol esporte
Foi basicamente uma aula para os turcos, tendo que correr o tempo todo atrás da bola, e não sabendo o que fazer no pouco que tinha ela no pé com tranquilidade, tanto é, que até os 11 minutos de jogo, a Espanha havia chegado com perigo três vezes. Os turcos foram ter uma boa chance apenas em bola parada, quando Hakan Çalhanoglu bateu por cima do gol. O primeiro gol da fúria veio aos 33 minutos, quando Nolito cruzou na medida para Morata, que só teve o trabalho de raspar na bola e correr para o abraço, 1x0 Espanha! O segundo gol não demorou, veio 3 minutos depois, quando Nolito aproveitou um vacilo de Topal, e mesmo caindo, botou a bola para o fundo das redes, 2x0 Espanha. Após os gols, a fúria seguia no comando total da partida, fazendo a bola correr, e botando os turcos na roda, que se vinham acuados, sem forças para sequer tentar reverter o cenário: 2x0 e fim de primeiro tempo, mais um jogo onde a Espanha deu aula, e viu seu maestro (Iniesta) fazer parecer que o futebol é algo tão fácil de ser jogado, um gênio!

O segundo tempo começou e não demorou muito para a Espanha dar um beijo na viúva e fechar a tampa do caixão; Iniesta efetuou um grande passe (gênio), achando Jordi Alba dentro da área, o lateral só rolou para Morata anotar seu segundo gol no jogo, o terceiro da fúria, 3x0 Espanha. Dois minutos após o gol, Iniesta fez outro cruzamento preciso, dessa vez achando Morata, que cabeceou para fora. A Turquia teve a chance do gol de honra aos 6 minutos, Burak Yilmaz invadiu a área e soltou o pé, por cima do gol. E teve mais, David Silva e Bruno Soriano tiveram a chance de fazer o quarto gol, mas faltou calibrar melhor o pé. E foi esse o segundo tempo, a Espanha fazendo a bola (e os turcos) correr, só deixando o tempo passar, e assegurando sua vaga nas oitavas da Eurocopa. 

Nolito comemorando o seu gol. Foto: Uol esporte
A Espanha se mostrou ser um grande favorito ao título nesses dois jogos da Euro, impondo seu futebol, liderada por um gênio chamado Andrés Iniesta, ainda tendo jogadores de extrema qualidade, como Busquets e David Silva, além do fortíssimo setor defensivo, formado por Juanfran, Piqué, Sérgio Ramos e Jordi Alba, e tendo embaixo das traves o monstro De Gea; a partida que a fúria fez foi mais uma prova desse favoritismo, toque de bola quase perfeito, jogo inteligente, enfim, joga fácil, mas a curiosidade de os ver jogando contra uma qualificada equipe é grande, não duvidando da qualidade espanhola, mas sim querendo 90 minutos de um futebol bem praticado por ambas as equipes, já que a Turquia se acuou completamente e não reagiu, apesar de estar perdendo e precisar da classificação. Sobre a participação de Arda Turan e cia, só uma palavra descreve: Pífio. Simples assim, é uma seleção que tem certa qualidade, e que poderia jogar um pouco mais de futebol.

Confira abaixo a ficha técnica do jogo:

ESPANHA 3x0 TURQUIA

Local: Allianz Riviera, Nice;
Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia);
Cartões amarelos: Sérgio Ramos (ESP) | Tufan (TUR) e Burak Yilmaz (TUR);
Gols: Morata 2x (ESP) e Nolito (ESP); Veja os gols do jogo clicando aqui;

Espanha: De Gea | Juanfran, Piqué, Sérgio Ramos e Jordi Alba (Azpilicueta) | Busquets, Fábregas (Koke) e Iniesta | David Silva (Bruno Soriano), Morata e Nolito | Técnico: Vicente Del Bosque;

Turquia: Babacan | Gonul, Topal, Balta e Erkin | Ínan (Malli), Tufan, Hakan Çalhanoglu (Sahin), Ozyakup (Sahan) e Arda Turan | Burak Yilmaz | Técnico: Fatih Terim.

Jogadores da fúria comemorando o gol de Morata. Foto: Uol esporte
Espanha e Turquia voltam a campo na próxima terça-feira; a fúria viaja até Bordeuax para encarar a Croácia, jogo que vale a liderança do grupo, já os turcos vão até Lens enfrentar a República Tcheca, necessitando da vitória para tentar classificar como terceiro colocado, ambos os jogos são às 16h. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.