Header Ads

Espanha faz gol no fim e ganha da República Tcheca

Espanha e República Tcheca voltaram a se encontrar oficialmente hoje, depois de cinco anos, na estreia na Eurocopa, na cidade de Toulouse. A Espanha, uma das principais candidatas ao título, precisava confirmar o favoritismo diante da boa seleção da República Tcheca. Pelo lado tcheco, o técnico Pavel Vrba escolheu uma tática mais defensiva, visto que enfrentaria uma seleção muito ofensiva.

Jogo entre Espanha e Rep. Tcheca. Fonte (uefa.com)
O jogo começou com as duas seleções tentando impor o ritmo. Quem chegou com perigo primeiro foi os tchecos, que perderam chance em dois escanteios. Mas não demorou muito para a Espanha controlar o jogo e ser superior. Com duas chegadas à cara do goleiro Cech, Morata assustou. Com seu conhecido toque paciente, a Espanha tentava chegar ao gol, enquanto os tchecos apenas se defendiam, não conseguindo ficar muito tempo com a bola. Em uma saída errada da defesa tcheca, Morata perdeu mais uma oportunidade aos 30 minutos. A Espanha seguia tentando fazer o gol, mas com boas defesas do goleiro Cech, não conseguia abrir o placar. A Rep. Tcheca fez sua única finalização do primeiro tempo apenas aos 44 minutos, quando Necid chutou para boa defesa de De Gea.

Na volta do intervalo, a Espanha começou já com boas chances, mas sem conseguir marcar. Tanto tentou, que em poucas chegadas dos tchecos, que quase abriram o placar em uma falta cobrada onde Rubnik finalizou sozinho para grande defesa de De Gea. Quando os tchecos começavam a gostar do jogo, se arriscando mais no ataque, a Espanha começou a sufocar novamente e perder boas chances com Alba, David Silva e Aduriz. Já partindo para o desespero e com dois atacantes a mais, a Espanha conseguiu fazer o gol da vitória aos 41 minutos da segunda etapa. Iniesta cruzou e Piqué subiu mais alto que todo mundo e cabeceou, furando a defesa de Cech e abrindo o placar em Toulouse. Os tchecos, que já estavam comemorando o empate, então se lançaram ao ataque. Nos acréscimos. Darida teve a melhor chance tcheca no jogo, mas De Gea salvou, dando números finais à partida. Espanha 1x0 República Tcheca

Cabeceada de Piqué no lance do gol espanhol. Fonte: (Uefa.com)
República Tcheca: A retranca que quase funcionou

Os tchecos foram para o jogo para tentar surpreender. Contra a atual bicampeã do torneio, o técnico Pavel Vrba escalou um time muito defensivo. No jogo inteiro, foram poucos os momentos onde a República Tcheca pôde mostrar a qualidade do seu elenco. Focado apenas na defesa, o time largou o ataque para não ficar exposto e sair goleado. Quase deu certa a retranca, e por 5 minutos, a equipe não saiu com um ponto na bagagem. A atitude de apenas se defender foi natural, já que Turquia e Croácia provavelmente também usarão esse método contra os espanhóis. Passado o jogo mais difícil, agora que os tchecos precisam tirar as cartas da manga e mostrar que não foi apenas passear na França. A chance de perder passou e agora tem que focar em dois bons resultados para buscar uma vaga na próxima fase. Elenco, qualidade e tradição tem, agora precisa mostrar isso fora do papel.

Espanha: Insistiu e ganhou

Era o esperado que os tchecos iriam entrar com uma postura extremamente defensiva para impedir que a forte seleção da Espanha conseguisse marcar os gols. No papel, parecia perfeito, mas na prática, não aconteceu. Com boa participação de Iniesta no meio de campo ligando os atacantes para fazerem os gols, acabaram não tendo muito sucesso e paravam nas finalizações ruins e também no goleiro Peter Cech.

Morata, Jordi Alba, Aduriz, David Silva e vários outros atacantes não estavam conseguindo balançar as redes. A pressão espanhola era grande e a torcida ia ficando frustrada com a quantidade de chances perdidas. Sobrou para um zagueiro resolver quando Iniesta levantou bola na área e Piqué desviou para o gol. Um alívio enorme para os espanhóis e também para Vicente Del Bosque, que terá a oportunidade de trabalhar melhor o time para o próximo jogo visando uma vitória mais tranquila.

Piqué marca no fim e garante vitória da Espanha. Foto: globoesporte.com
Frederico Kuhnen || @Fred_Metro2002
Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.