Header Ads

Está na pior? Chama a Ponte Preta

A Raposa não tinha muitas opções para esse confronto era ganhar ou conquistar os três pontos, e missão dada é missão cumprida, os jogadores celestes fizeram algo que ninguém esperava, goleou a macaca por 4x0, aquele velho ditado: Está mal? Chama a Ponte Preta.

Momento de curiosidade, no ano passado, a reação do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro foi acontecer contra a Ponte Preta, conseguimos uma sequencia de invencibilidade e recuperar o futebol que agrada a torcida azul e branca, já podemos nos iludir?

Na mesma noite: Henrique fez gol, Cruzeiro goleou, Mayke deu assistência e jogou bem, a equipe cruzeirense conseguiu fazer dois gols no primeiro tempo e a Raposa ainda anunciou uma boa contratação, por um momento cheguei a pensar que era o fim do mundo.

@Cruzeiro
A Raposa saiu da lanterna, juntamente do Z-4 e ocupa a 15° colocação, com 11 pontos conquistados, a situação ainda não está boa, porém faço das palavras do Alisson as minhas: "O Cruzeiro é time grande. Quem veste a camisa do Cruzeiro tem que pensar grande, o pensamento tem que ser este" - Alisson

Foco total na próxima partida, que acontecerá no sábado (25) ás 19h00, contra o líder Palmeiras, no Gigante da Pampulha.

Sobre o jogo:

A partida começou eletrizante, com apenas 30 segundos de jogo o time mandante foi o primeiro a levar perigo, após cobrança de lateral pela esquerda, Roger quase ficou cara a cara com o capitão cruzeirense, mas o zagueiro Bruno Viana mostrou ousadia e interceptou a jogada, e logo veio aquele questionamento sobre como seria a postura do Cruzeiro durante o restante do duelo.

E a Raposa respondeu da melhor maneira possível, Henrique aos 07’ balançou as redes, após cobrança de escanteio, a defesa Pontepretana falhou e como o jogador cruzeirense não tem nada haver com isso, aproveitou a sobra e mandou para fundo das redes.

Para o Cruzeiro, apenas um gol não seria o suficiente, o time estrelado não se acomodou e buscava a todo o momento aumentar a vantagem construída. Só dava Cruzeiro, o segundo gol da equipe estrelada foi aos 20’, Mayke lançou para Arrascaeta, para o mesmo fazer o segundo gol cruzeirense.

Quase no fim da primeira fase, o ritmo das equipes diminuiu e nenhuma chance clara foi criada, um primeiro tempo digno de Cruzeiro Esporte Clube, superioridade e domínio do inicio ao fim.

Paulo Bento não fez substituições para a etapa complementar, ao contrário da Ponte Preta que fez alterações colocando Ravanelli e William Pottker, no lugar de Renê Júnior e Cristian, as mudanças não fizeram muita diferença e quem chegou com perigo foi a Raposa.

@Cruzeiro
Uma grande evolução do Cruzeiro no jogo de ontem, a Raposa jogou o segundo tempo na mesma intensidade que iniciou a partida, na maioria das vezes, quando o time celeste teve uma vantagem, os jogadores desistiram de jogar e no final entregam o jogo.

“Faz mais gol, que cabe Cruzeiro”, esse foi o pensamento de todos os cruzeirenses na segunda etapa e não é que uma atitude positiva faz toda diferença? Aos 07’, a Raposa teve um pênalti a seu favor e Arrascaeta que perdeu uma penalidade contra o Grêmio, teve a chance de se redimir com a nação azul e foi dito e feito, o Uruguaio marcou o segundo dele na noite e o terceiro gol celeste.

Arrascaeta é o camisa 10 do Cruzeiro, que peso deve ser carregar essa camisa, o 10 que já foi de Alex, Dirceu, Tostão, quanta honra para um guerreiro.

O time da casa tentava de várias maneiras a reação, porém suas tentativas eram falhas e quando precisava Fábio salvava o Cruzeiro do perigo, e quando parecia que a sessão de gols tinha se finalizado, o juiz entendeu que Willian foi puxado dentro e marcou pênalti para a Raposa, Alisson para cobrou com perfeição no canto direito, goleada azul.

Que faro de gol que a Raposa estava ontem, uma garra impressionante, a vitória hoje foi merecimento da equipe, todos os jogadores se entregarem e se doaram para trazer os três pontos para o Cruzeiro, é isso querido Cruzeiro que queremos até o fim do Brasileirão.

Paula Fernandes- @Paulinha_CEC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.