Header Ads

Já passou da hora de engrenar

Fluminense x Grêmio  - 11/06/2016
Richarlison brigou bastante mas ainda não está preparado para liderar nosso ataque. Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Era para ser o jogo da virada para o Fluminense. Depois da semana turbulenta que culminou na saída de Fred, jogar contra um adversário qualificado em casa poderia servir como uma nova fase para o Tricolor. Ganhar sem nosso camisa 9 logo de cara seria um sinal de que ainda estamos vivos e não somos dependentes. O problema é que esse, pelo menos ainda, não é o nosso Flu.

O jogo começou equilibrado, com os dois times marcando muito forte e poucas chances de gol. Levir apostou na volta de Wellington Silva improvisado na esquerda, mostrando que Giovanni será carta fora do baralho quando William Matheus puder jogar, e promoveu a estreia de Maranhão. O novato mostrou serviço correndo bastante e puxando jogadas interessantes. O único problema é ele jogar aberto, uma vez que Richarlison ainda não está preparado para jogar sozinho lá na frente. Algumas vezes nosso jovem centroavante pegava a bola e corria para frente sem rumo, achando que ia conseguir alguma coisa. Ele precisa de alguém junto dele para fazer uma tabela e puxar a marcação. Depois que o time gaúcho teve Ramiro expulso de forma, no mínimo, curiosa, deveríamos ter avançado a marcação para que eles não tivessem tempo de arrumar uma nova forma de saída de jogo sem o volante. Acabou que não fizemos isso e numa troca de passes rápida, fomos envolvidos e Marcelo Hermes, sem Maranhão acompanhar, tocou por cima do Cavalieri.

No segundo tempo voltamos com Marcos Junior no lugar do estreante e a única coisa que mudou foi um maior entrosamento. Continuamos com dificuldades na criação, pois nosso meio-campo não estava inspirado. Magno Alves entrou para começarmos uma pressão e só assim que conseguimos o empate depois de um belo chute de Marcos Junior. Ainda criamos outras chances, mas continuamos com a mesma pontaria que nos faz o time que mais finaliza no campeonato e um dos piores ataques.

jogo7
Invocação do mal? Olha a cara do Marcos Junior quando marcou nosso gol de empate. Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Espero que Levir fique treinando chutes com todos os jogadores até quinta para o jogo contra o Corinthians. Não dá mais para perdermos tantas oportunidades. Se não acertarmos o pé, o campeonato será assim até o final: Ganha uma, perde outra, empata duas... E por aí vai. Muita cara de meio de tabela esse ano.

A diretoria também tem que acordar. Ficou tão feliz de se livrar do salário do Fred, mas precisa investir no time ao invés de só no CT. Existem muitas especulações por enquanto e acho que nem vale a pena listá-las, pois é provável que sejam apenas chutes. Quando a janela europeia abrir, poderemos ver as reais chances das negociações.

Saudações Tricolores
Matheus Garzon

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.