Header Ads

Na marra, Sampaio segura Luverdense e consegue pontinho suado


Em Lucas do Rio Verde, no Estádio Passo das Emas, o Sampaio Corrêa conseguiu um sofrido empate diante da equipe do Luverdense. Em situações distintas na tabela, os dois times precisavam da vitória, mas não saíram do zero.

Foto: Reprodução Luverdense
Para essa partida, o técnico Wagner Lopes, do Sampaio, não contou com Pimentinha, Edgar, Daniel Barros e Léo Gago, que estava escalado para jogar, mas sentiu febre pouco antes do jogo e foi vetado pelo departamento médico. O treinador da equipe boliviana foi forçado a fazer modificações no seu esquema tático, colocando Cleitinho na armação e escalando três atacantes, inclusive promovendo a estreia de Paulo Marcelo. Jean Carlos e Elias completaram o ataque. A intenção era aproveitar a velocidade dos atacantes de lado nas escapadas de contra-ataque.

Logo no primeiro minuto de jogo, o Luverdense já assustou. Após bola alçada na área, o atacante Hugo ficou com a sobra, em posição irregular não assinalada, e tentou encobrir o goleiro Rodrigo Ramos, que saiu bem do gol e conseguiu evitar o gol. Aos 13’, a defesa sampaína bobeou no posicionamento e Hugo fez belo passe para Sérgio Mota, livre dentro da área. O meia deu um drible curto em Rodrigo Ramos, mas Luiz Otávio impediu o gol ao se jogar de carrinho contra a bola, quase em cima da linha.

O único lance de “perigo” do Sampaio no primeiro tempo foi protagonizado por Elias, em cabeceio no centro do gol, após cobrança de falta. Mas o goleiro Gabriel Leite defendeu tranquilamente. Um minuto depois, em cobrança de escanteio, o Luverdense quase abriu o placar. Airton conseguiu finalizar a frente do defensor adversário e Rodrigo Ramos fez uma difícil defesa, com a ponta dos dedos. O atacante Hugo teve mais uma chance ainda no primeiro tempo ao ganhar do zagueiro Wágner e finalizar cruzado dentro da área, mas o goleiro tricolor conseguiu fazer uma excelente defesa, espalmando a bola para o lado. O arqueiro boliviano ganhou destaque novamente ao espalmar, nos acréscimos, um chute forte de fora da área de Sérgio Mota.

O segundo tempo iniciou com uma bobeira da defesa tricolor. Luiz Otávio saiu jogando errado e Jean Patrick tocou para Sérgio Mota, que invadiu a área e chutou por cima do gol com muito perigo. Aos 21 minutos, o meia Régis levou perigo ao chutar de fora da área, mas Rodrigo Ramos defendeu com segurança, sem dar rebote. O Luverdense insistia nos arremates à meia distância e em mais um lance assim, deu um susto no goleiro tricolor. Da Matta arriscou e a bola passou muito próxima a trave esquerda. Já nos acréscimos, Jean Patrick chutou forte de longe e Rodrigo Ramos mais uma vez livrou o Sampaio de levar um gol, fazendo uma ótima defesa e espalmando a bola para o lado.

A partida foi encerrada e ficou nítida a falta de entrosamento do meio e ataque do esquadrão boliviano. Isso se deve ao fato de Wagner Lopes nunca ter conseguido repetir uma escalação e as constantes contratações e dispensas feitas pela diretoria. E mais uma vez Cleitinho fez uma péssima partida, não obedecendo aos comandos do técnico na recomposição do time e sem conseguir criar nenhuma jogada que levasse perigo à meta adversária. Na segunda etapa, o meia foi trocado por Fernandinho, cria da base, que fez a sua estreia na competição nacional após longo tempo parado por ter entrado em litígio contra o clube. O time maranhense não produziu nada que pudesse oferecer equilíbrio às ações do time da casa. Com apenas duas finalizações sem grande perigo, ambas de Elias, o tricolor deixou claro a sua maior deficiência. Sem opções de qualidade para fazer a bola rodar no meio campo e sem velocidade na transição entre os setores, a tática de contra-ataque não surtiu efeito algum, fazendo até com que os zagueiros rifassem a bola em vários momentos. E mais uma vez o Sampaio foi salvo pela ótima atuação de Rodrigo Ramos, queimando a língua deste que vos fala, e foi eleito o melhor jogador em campo.

Ainda nesta semana, Wagner Lopes poderá contar com dois dos novos reforços, o meia Lucas Sotero e o volante Felipe Baiano, que encontrarão o restante do elenco em São Paulo para realizar os treinamentos de preparação para a próxima partida. O time enfrentará o Oeste, na Arena Barueri, no sábado, dia 25, às 21h.

FICHA DO JOGO:
LUVERDENSE 0 x 0 SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Passo das Emas - Lucas do Rio Verde (MT)
Data/Horário: 21 de Junho, às 21h30
Cartões amarelos: Airton (Luverdense); Diego Lorenzi, Paulo Marcelo e Rodrigo Ramos (Sampaio)
Árbitro: José Antônio de Almeida Pinheiro (AC)
Assistentes: Lucas Torquato Guerra e Luciano Benevides de Sousa (DF)

LUVERDENSE: Gabriel Leite; Raul Prata, Everton, Airton e Paulinho; Ricardo (Romarinho), Jean Patrick, Da Matta, Régis (Erik) e Sérgio Mota; Hugo. Técnico: Júnior Rocha

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos; Eder Sciola, Wágner Fogolari, Luiz Otávio e Rafael Estevam; Renan Ribeiro, Diego Lorenzi e Cleitinho; Jean Carlos, Paulo Marcelo e Elias. Técnico: Wagner Lopes

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.