Header Ads

Público pífio para um jogo pífio

Para 633 pessoas, Luver mostra péssimo futebol e consegue um bom resultado.

(Foto:Globoesporte.com)
O Luverdense viajou muito até Juiz de Fora para enfrentar o Tupi, logo aos quatro de partida na Zona da Mata, Hugo recebeu sozinho e perdeu a maior chance do Luver. Após esta oportunidade, o Tupi passou a despontar e aos 28´ Giancarlo chutou e Gabriel Leite defendeu fácil. O time local não parava, era um ataque por instante, uma tentativa desesperada da vitória e o goleiro Rafael Santos também vinha evitando para o Tupi, e desta vez, tudo adiantou e o Tupi prosseguiu o 1 a 0 jogando melhor.

Na segunda etapa o Luver continuou a péssima bola e a estrela de Gabriel Leite voltou a brilhar, Hiroshi tentou em duas oportunidades e o goleiro fez duas defesas. Em outra oportunidade do carijó, Giancarlo novamente perdeu. Aos 20’, Hugo comprovou que estava mal mesmo, novamente sem goleiro, cara a cara, sozinho... Ele isolou. Também em outra oportunidade, outro isolamento. O dia realmente não era do centroavante do Verdão.

Após os momentos de azar de Hugo, o Tupi voltou a reinar e Sacilloto ainda fez pior que o centroavante e perdeu de baixo da trave, Inacreditável Futebol Clube para ele. No finalzinho o carijó continuou forte e pressionando, só que o todo poderoso realmente não queria que a bola entrasse e acabamos em um deprimente 0 a 0.

Melhores momentos:



Ficha técnica:
TUPI-MG 0 X 0 LUVERDENSE-MT

Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data: 14 de junho de 2016 (terça-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (asp.FIFA-RJ)
Assistentes: Vanderson Antônio Zanotti (asp.FIFA-ES) e Eduardo de Souza Couto (CBF-RJ)

Tupi: Rafael Santos; Henrique, Heitor, Hélder (Rodolfo Mol) e Bruno Costa; Rafael Jataí, Marcos Serrato, Hiroshi e Vinícius Kiss; Thiago Silvy (Gabriel Sacilotto) e Giancarlo (Rubens). Técnico: Estevam Soares

Luverdense: Gabriel Leite, Raul Prata, Everton, Airton e Paulinho; Kazu, Ricardo (Da Matta), Jean Patrick e Sérgio Mota (Rafael Silva); Hugo e Douglas Baggio. Técnico: Júnior Rocha

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.