Header Ads

Quando a paciência já não existe mais

Venho comentando aqui diversas vezes a péssima atuação do Avaí desde o Campeonato Catarinense. Pelo visto, o urubu enterrado na ressacada ainda não entrou em decomposição e a maré, que já virou tempestade corriqueira, é do mais puro azar. Ao começo de todos os textos falo sobre como foi o jogo, detalhes da partida, gol e lances interessantes. Hoje será diferente, justamente porque tudo continua igual.

Na sexta-feira fomos à Serra Dourada enfrentar o todo poderoso Goiás, só que não. O mínimo que o time avaiano poderia fazer era empatar com o time que vinha de um jejum de oito jogos. O desempenho do time da casa era surpreendentemente pior que o time azurra. Apesar de mais um erro da arbitragem contra nós, não podemos colocar a culpa no árbitro que validou dois, dos três gols que o time goiano realizou.

Mais uma vez meu texto fala de derrota. Mais uma vez o torcedor avaiano é decepcionado com a atuação do time. Mais uma vez perdemos pontos importantes ao enfrentar times relativamente piores que o nosso. Eu não tenho mais criatividade pra comentar tanta falta de habilidade, vontade, raça e organização.

É um mártir pra mim, como torcedora fanática, falar sobre toda essa fase que vem assolando o Avaí há mais de três anos. É inacreditável o que a diretoria do clube vem fazendo com o Avaí. Nunca, em 92 anos, o Avaí foi tão humilhado como tem sido ultimamente.

Volto a citar a maravilhosa atuação do goleiro Renan que é o único capaz de carregar o manto azul e branco. Depois dele, pode mandar todo mundo embora, todo mundo! Sinto pena dele.

Silas? Eu prefiro não comentar pra que o meu eixo central possa estar de acordo com o universo da paz interior.

Enfim, mais uma vez declaro aqui a minha repugnância quanto aos dirigentes que montaram esse time ridículo, digno de ânsia de vômito, onde apenas um se salva, pela graça de Deus, ou não.

Eu não sei mais o que será de nós. Na verdade eu sei, seremos carregados, pela mão, para a Série C, lugar de onde esses jogadorezinhos e diretoria são dignos, mas a instituição Avaí Futebol Clube NÃO! 


VOCÊS VÃO EMBORA, MAS O AVAÍ E O MEU AMOR POR ELE FICAM!

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.