Header Ads

Se não contratar, vai continuar assim

Fluminense FC  19.06.2016
A imagem que traduz o jogo: Flu tropeçou feio no Sport. Foto: Mailson Santana/ Divulgação FFC
A situação começa a ficar preocupante. Praticamente um quarto do Campeonato Brasileiro já passou e ainda não temos um sistema de jogo que funcione. Para alguns que andavam iludidos após a nossa vitória contra o Corinthians na quinta, perder para o Sport foi um duro choque de realidade. O jogo na Ilha do Retiro foi icônico no momento em que conseguiu reunir todas as nossas deficiências. Uma vitória significaria o quinto lugar, mas será mesmo que temos alguma chance de G-4 com esse time?

O primeiro tempo foi horroroso. Para variar não estávamos conseguindo criar nenhuma chance clara de gol. Apenas no primeiro minuto de jogo que conseguimos uma jogada trabalhada e nada mais. Levir Culpi percebeu isso, mas tentou resolver da pior forma possível: tirando Edson e colocando Dudu. Não sou contra substituições ainda no primeiro tempo desde que elas tenham efeito positivo. Levir já deveria saber que Cícero não tem como jogar de volante. Muito lento, ele não consegue acompanhar ninguém e acaba deixando o oponente livre. Isso ficou claro no lance seguinte à substituição quando levamos o primeiro gol: Gabriel Xavier cabeceou livre, porque o nosso camisa 7 ficou trotando o lance inteiro. Quero deixar também minha indignação com Henrique cobrando falta. Desde quando Henrique é cobrador de falta? Procurei algum gol dele nessa situação e não achei nada. Nosso zagueiro não tem conseguido nem chutar a bola para longe, imagina acertar o gol. A falta de referências no time nos obriga a ver uma bizarrice como essa.

Fluminense FC  19.06.2016
De boa esperando mais uma finalização para fora. Foto: Mailson Santana/Divulgação FFC
Veio o segundo tempo e mais duas alterações. Jonathan realmente precisou ser substituído por lesão e Richarlison foi corretamente tirado. Já disse isso no jogo contra o Grêmio e repito: ele não pode ser nossa referência no ataque. Nem ele nem Magno Alves. Precisamos urgentemente de um camisa 9. O Flu só sabe cruzar. Não sabemos o que fazer com a bola. Tivemos 60% de posse e a maior parte do tempo, estamos tocando bola atrás com os zagueiros e laterais. Praticamente todas as nossa jogadas consistem em trocar passes na defesa, dar um lançamento pra um dos nossos laterais, ele chega na entrada da área e cruza. Quantas vezes você viu isso hoje? Para quem essa bola está sendo cruzada? Richarlison não consegue se adiantar aos zagueiros adversários, Cícero foi recuado para segundo volante e quem vem de trás para o cabeceio é o Marcos Junior.

Fluminense FC  19.06.2016
Um presente para quem adivinhar para onde o chute foi. Foto: Mailson Santana/Divulgação FFC
Conseguimos achar um gol com Magnata, mas a alegria durou pouco. O lance que deu a vitória para o Sport deveria ser passado para nossos dois zagueiros com eles amarrados a uma cadeira, vendo aquilo um milhão de vezes seguidas. Henrique foi ao meio do campo e foi driblado no corpo como um Sub15. Gum veio para rasgar e chutou no pé do Diego Souza. Nosso ex-jogador ficou com o resto do campo livre e fez. Simplesmente vergonhoso.

Temos o pior ataque do campeonato junto com Botafogo e Cruzeiro. Time que não faz gol, não ganha. Já passou da hora de acertarmos o pé. Scarpa que era o único que salvava começou a jogar mal. Está enchendo o pé de qualquer lugar e isolando a bola.

Próximo jogo é contra o Santos, na quarta. Sem plano de jogo, sem acertar finalizações e com zagueiros entregando, acho difícil vir uma vitória. Espero estar errado.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.