Header Ads

Sem gols, Braga empata em casa com o Paysandu



Bragantino 0 x 0 Paysandu - Um placar que poderia ter sido diferente se a equipe do Massa Bruta se as finalizações fossem feitas com mais precisão. Movimentação é o que não faltou, mas as equipes não conseguiram o mais importante no futebol: o gol. Vamos para a resenha da partida.

PRIMEIRO TEMPO - A primeira chance de gol foi da equipe paraense: cruzamento para dentro da área e cabeceio de Alexandro, passou longe. O Bragantino parecia perdido em campo e não conseguia manter a posse de bola. Toninho Cecílio fez sua primeira substituição ainda no primeiro tempo, saiu Léo Jaime que sentiu a coxa e colocou Claudinho, atacante que veio do Corinthians por empréstimo.

A substituição pareceu ter surtido efeito, aos 40 minutos veio a melhor chance do Bragantino no primeiro tempo: cruzamento na área e cabeçada de Eliandro, no rodapé de Emerson, que segurou a bola antes que Tartá chegasse para garantir o gol.

SEGUNDO TEMPO - As equipes retornaram ao gramado sem alterações, a primeira boa chance foi do Braga: cobrança de falta de Bruno Pacheco e cabeceio de Eliandro, muito rente à trave. Na sequência, o Paysandu chegou com perigo: Jhonnatan tocou para Rafael Costa, mas o chute foi ruim e não levou perigo para Felipe.

Aos 15 minutos, Watson deu bom passe para Eliandro, que dentro da área finalizou muito mal e desperdiçou uma grande oportunidade de abrir o placar. A partir disso, o jogo ficou morno, muito pegado no setor do meio-campo, e o Bragantino não se impôs para tentar fazer o gol.


Aos 38 minutos, o Bragantino acordou e voltou a pressionar: Guilheme Andrade cruzou para dentro da área e Eliandro se esforçou para conseguir cabecear (a bola passou muito próxima a trave). No lance seguinte, o Paysandu teve sua melhor chance da partida, Fabinho avançou e chutou cruzado com força, mas Felipe consegue espalmar e garantir o empate até então.

A última chance do Bragantino foi aos 47 minutos do segundo tempo: após cobrança de escanteio, a bola sobra para o zagueiro Éder Lima, que não conseguiu a conclusão, desperdiçando, de fato, a melhor chance do jogo.

CONCLUSÃO - Jogo muito fraco tecnicamente, muito frio e vento e falta de precisão, acabaram definindo o placar de 0 a 0. O Bragantino volta aos gramados nessa terça-feira dia 14 de junho às 21h30min para enfrentar o CRB em Alagoas no Estádio Rei Pelé.

Mateus Segur || @SegurMateus
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.