Header Ads

Sob frio de 7ºC, Grêmio vence e convence

O Tricolor Imortal foi a campo hoje, às 19h (horário de Brasília), para receber o Cruzeiro na Arena em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um jogo que tinha tudo para ser uma partida comum, recebeu a neblina e o frio como "intrusos", dando um clima londrino à Arena do Grêmio. Os termômetros de Porto Alegre marcavam 7ºC e a neblina se instalou por toda a capital gaúcha, inclusive, no campo de jogo, que somente em poucos dos 90 minutos de bola rolando foi possível observar 100% do gramado.

Campo de jogo tomado pela neblina. (Foto: Eduardo Moura / Globoesporte.com)
Mesmo com a neblina e o frio como adversários, as duas equipes só tinham interesse na vitória. O Grêmio para continuar na cola dos líderes e o Cruzeiro, para tentar escapar da zona de rebaixamento que vem flertando com a equipe mineira desde o início do Campeonato Brasileiro. Mas a vitória interessava, principalmente, o Grêmio que, além de querer ficar colado na liderança, jogava em casa.

No primeiro tempo de jogo, nem Grêmio e nem Cruzeiro conseguiam jogar muito, salvo algumas chances criadas pelo Tricolor, mas sem perigo. Talvez o frio estariam deixando o futebol dos jogadores congelado e a neblina, atrapalhando as equipes de enxergar a possibilidade de vitória na partida. O 1º tempo seguiu frio até os 42 minutos, que foi quando Luan resolveu esquentar a partida com um belo chute de canhota, mas a bola bateu na trave e Douglas chutou por cima do gol de Fábio, no que foi a melhor chance do jogo.

Aos 44 minutos, Luan esquentou de vez. Everton recebeu a bola pelo lado direito do ataque, e cruzou a bola na medida para Luan, que cabeceou a bola como manda o manual do centroavante e abriu o placar para os donos da casa, sem chances para o goleiro Fábio. Grêmio 1x0 Cruzeiro. Luan, que era muito escalado como "falso 9", se mostrou muito melhor como um "verdadeiro 9".

No 2º tempo, as equipes voltaram com ritmos muito diferentes. O Cruzeiro parecia o mesmo da etapa inicial, sem empolgar muito. Já o Grêmio, parecia o mesmo dos minutos finais do 1º tempo e voltou esquentando ainda mais ao jogo. Aos 6 minutos da etapa complementar, Luan arriscou o chute de fora da área, Fábio rebateu a bola que, para a infelicidade do arqueiro cruzeirense, foi parar na cabeça de Douglas. O maestro pifador - como é conhecido Douglas - só precisou completar para o fundo do gol, livre de marcação para encaminhar a vitória Tricolor. Grêmio 2x0 Cruzeiro.

Douglas comemorando o gol com seus companheiros. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)
A Raposa ainda teria a chance de diminuir o placar quando teve um pênalti ao seu favor aos 23’ do 2º tempo, em lance que Riascos chutou e a bola bateu no braço de Marcelo Oliveira. De Arrascaeta pegou a bola para a cobrança, mas isolou. O Cruzeiro seguiu sendo envolvido pela posse de bola do Grêmio (58% do Tricolor contra 42% da Raposa) e não conseguiu esboçar uma reação. Final de jogo, com vitória do Grêmio, que venceu, convenceu e garantiu os três pontos em casa, se mantendo na 3º colocação com 18 pontos - um ponto atrás do líder Palmeiras e do vice-líder Internacional, que têm 19 pontos. O Grêmio volta a jogar na Arena na próxima quinta-feira contra o Vitória, às 19h15min.

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.