Header Ads

Vila Nova tropeça em si mesmo e perde para o Criciúma

E mais uma vez o torcedor vilanovense não saiu do Serra Dourada contente. Em uma noite que o Tigre goiano se perdeu em campo, o "xará" catarinense soube aproveitar e, como se tivesse jogando em seus domínios, colocou o Vila no bolso, mostrando como se impor em campo, vencendo os donos da casa por 3x2.

Como nosso capitão faz falta, o Vila sem Robston se perde em campo, sem ele não tem ninguém que chame a responsabilidade pra si e vá lá e faça. Sempre falei que ele e o Frontini sempre teriam lugar no time, e não, não falo com ironia.


Novamente o Vila jogou aquele futebol ruim de se ver. O time não entrou em campo e, sem tirar os méritos do Criciúma que veio retrancado, mas eles acabaram vencendo com gols de bola parada. O Vila Nova mereceu perder, Vinicius Simon, apesar do gol, estava perdido em campo, tanto que foi expulso no segundo tempo. Jean Carlos quis fazer lance bonito e perdeu a bola que originou o segundo gol da equipe visitante. Fabinho mesmo saindo derrotado do Serra foi o destaque da equipe.

Guilherme Alves não acertou no esquema de jogo, não dessa vez. Não era a noite do Tigrão, foi uma derrota inesperada. A equipe até que correu atrás e conseguiu marcar o terceiro com Frontini, mas não valeu. Há dois jogos ele vem mostrando que tem lugar nesse time e a má fase é passageira. O pouco pode se tornar muito. Lá nas primeiras rodadas o time vinha jogando bem e não estava ganhando, era melhor jogar mal e ganhar. O Vila Nova vem jogando um futebol regular e corresponde como pode. 

No sábado teremos o segundo clássico na Série B, dessa vez contra o Goiás, e o técnico precisa correr atrás do prejuízo, já que teremos um duelo difícil. O adversário vem de vitória e vai querer uma reação, sendo obrigado a ganhar. Quem levar os três pontos pode jogar o rival para o Z4. Será um confronto disputado, que seja como a semifinal do Goianão. Que vença o melhor e que a paz prevaleça, porque conhecemos bem a rivalidade fora de campo.

Corram, lutem mais e não desista jamais. O maior clássico do estado vem ai e o Tigrão precisa dessa vitória. Existe um tabu para ser quebrado, há anos não ganhamos do Goiás e esse resultado pode ser essencial para a sequência do campeonato.

"Jogai por nós".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.