Header Ads

Desempolgou

PARANÁ 1 x 1 Ceará

Irregularidade é a palavra que define o Paraná Clube. Fomos todos iludidos quando ganhamos três rodadas seguidas e nos aproximamos do G4. Começamos a fazer contas, parecia tudo caminhar para o melhor, mas a coisa desandou. Em uma sequência relativamente tranquila com três jogos em casa e dois fora, que era para somarmos no mínimo 10 pontos, conseguimos somente três até agora. Os três empates em casa e a derrota inexplicável em Criciúma vão frustrando o sonho Paranista. Resta agora vencermos o vice-lanterna Tupi fora de casa para, pelo menos, fecharmos o turno com uma vitória.

(Foto: Geraldo Bubniak)
A partida contra o Ceará não foi das piores apresentações Tricolores, já que o time se portava bem e tentava criar as chances, mas viu o Ceará abrir o placar com Willian Henrique. A equipe não se abateu e passou a atacar ainda mais. Na primeira tentativa, Robson exigiu boa defesa de Everson. Na segunda, ele bateu e meio sem querer conseguiu mandar para o fundo da rede e empatar o confronto.

O empate deu ainda mais moral para o time Paranista, que pressionou bastante até o fim da primeira etapa. Robson fez boa jogada na direita e serviu Lucio Flavio, porém, como de costume, ele perdeu. Murilo também teve boa chance, semelhante a de Lucio, mas chutou em cima do goleiro.

Na segunda etapa, foi mais do mesmo visto contra Avaí e Paysandu, um time não querendo jogar e outro pressionando, mas não conseguindo criar. Lucio Flavio conseguiu perdeu outra boa chance e Tavares parou na marcação. Mas o lance capital do jogo aconteceu em cobrança de escanteio, quando Jean tocou de cabeça para o gol e o árbitro marcou o famoso "perigo de gol", anulando o tento. No lance, o juiz marcou falta no choque do goleiro Everson com Leandro Silva, que tentava o cabeio, aí eu respondo: não quer contato, fica no gol. É ridícula essa regra do goleiro intocável na grande área, não quer contato vai jogar golfe.
 
Cadê a falta? (Foto: Geraldo Bubniak)
Lucio Flavio foi alcançado por Robson na artilharia do ano, com 12 gols, e eu pergunto: porque renovaram com esse cara? Não disse a que veio até hoje e ainda teve seu contrato renovado até o final do ano que vem. Murilo Rangel é outro que perdeu o encanto e está muito mal. Por outro lado, o mesmo Robson subiu para a 4ª posição na artilharia da competição, com 8 gols, empatado com Bill.

O empate em 1x1 deixou o Tricolor a 6 pontos do 3º e do 4º colocados (a gente faz força para entra no G4). Na terça-feira, a equipe entra em campo em Juiz de Fora para enfrentar o Tupi. Alisson e Murilo tomaram o terceiro amarelo e não jogam. Leonardo e Marcelinho (ou Valber) devem ser os substitutos. Fernando Karanga só deve estar regularizado depois da pausa da competição, portanto, também não enfrenta a equipe mineira.

Fellipe Soares || @_FellipeS
#PRaCima

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.