Header Ads

A vitória que quase veio

No jogo válido pela 16ª rodada da Série B do Brasileirão, o Vasco quase conseguiu a vitória, mas não segurou o resultado e acabou levando para casa o empate com o Luverdense.

Foto:  GE
Focado na Copa do Brasil, o Vasco foi ao Mato Grosso com quase todo o time formado por reservas. A equipe sofreu com a falta de entrosamento dos jogadores no primeiro tempo, e se não fosse por Martín, o único titular em campo, a história do jogo poderia ser totalmente diferente.

Para completar o pacote de uma primeira etapa complicada para a equipe CruzMaltina, duas lesões assombraram o campo. Willian teve que ser substituído por Mateus Pet após uma pancada no tornozelo e Caio Monteiro saiu por dores musculares, para a entrada de Andrey. Entre lesões e defesas de Martín, o primeiro tempo terminou 0 a 0.

Foto: GE
Na segunda etapa o Vasco veio com mais garra e mesmo com todos os reservas, conseguiu se impor em campo. E aos 14 minutos saiu o gol vascaíno, após o chutão de Martín, Thalles recebeu e deixou para Pikachu marcar seu primeiro gol com a camisa vascaína. Após o gol, o Luverdense tentou com todas as suas forças alcançar o empate, enquanto a equipe carioca fazia de tudo para segurar o resultado. Mas com tanta insistência, o time da casa conseguiu passar pela muralha vascaína, aos 45' Alfredo recebeu de Paulinho e com uma bela cabeçada fechou o placar.

O empate frustrou a equipe vascaína que acreditava que finalmente uma vitória viria. Com esse resultado o Vasco permanece na primeira colocação na tabela, com 32 pontos, seguido pelo CRB, com 31. Já o Luverdense continua no nono lugar, com 22 pontos. Na próxima quarta-feira (20), a equipe CruzMaltina encara o Santa Cruz, às 21h50, pela Copa do Brasil. Enquanto o Luverdense joga contra o Bahia, no sábado (23), às 18h30.
                                                
Ana Clara Soares (@AnaClaraSoares1)

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)

Luverdense: Gabriel Leite, Raul Prata, Gabriel Valongo, Everton e Paulinho; Ricardo (Douglas Baggio), Jean Patrick, Moacir (Sérgio Mota), Régis Souza (Alfredo), Rogerinho; Tozin. Técnico: Júnior Rocha.

Vasco: Martín Silva, Yago Pikachu, Jomar, Rafael Marques (Aislan) e Alan Cardoso; William (Mateus Pet), Diguinho, Julio dos Santos e Evander; Caio Monteiro. Técnico: Jorginho.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.