Header Ads

Cruzeiro 2x2 Vitória: Empate ótimo para os mineiros

Foto: ECVitoria / Divulgação
Brasileirão Série A 2016, 13ª rodada. O Vitória viajou para Minas Gerais para pegar o Cruzeiro no Mineirão. O clube baiano conseguiu fazer seu melhor jogo da competição até aqui e, mesmo com um homem a menos em campo, fez o adversário sofrer e por pouco não venceu.

RESUMO

O Vitória enfim conseguiu jogar da forma que todo torcedor espera, atuar realmente de igual pra igual e fazer o adversário sentir a pressão e sofrer em todos os momentos da partida, tanto para tentar criar como para se defender. Quem leu nosso texto do pós-jogo frente ao Sport Recife observou que deixei uma dica tática para tentar ajudar Mancini definir o time com a volta de Marinho e Kieza. E Mancini, com sua visão, teve a mesma percepção.

A proposta de fase ofensiva mudou um pouco, uma vez que Euller fez apenas algumas ultrapassagens, arriscou pouco e Dagoberto não centralizou para armação. O time entrou com uma compactação defensiva carente, já que Dagoberto e Marinho não estavam recompondo, mas na primeira parada técnica Mancini corrigiu. Outro lado ruim do sistema,são os encaixes individuais que o treinador já pode começar a tentar mudar para marcação zonal. Quando levamos o primeiro gol, foi uma prova de que não precisamos mais dos encaixes e/ou a forma precisa ser remodelada para três zagueiros.

Um outro problema ainda é Amaral se adiantando para construir. Entendo que com ele no setor é melhor que Mancini solicite que o mesmo não suba ao terreno e Dagoberto feche mais pro centro, já que nesse sistema o outro problema se foi, Tiago Real. A solução pode ser também sacar Amaral e pôr Flávio, por exemplo.

Na parte ofensiva criamos muito e muito, fizemos o setor defensivo do Cruzeiro sofrer demais. Méritos para Fábio, que pegou bastante e evitou a derrota. Marinho voltou menos delegado e muito inspirado. Tivemos linhas de passe, controlamos e aceleramos com inteligência, usamos os flancos do campo com boas ultrapassagens. Ponto negativo para o trio de zagueiros, muito apáticos e dando espaços. O individual de Ramon, Kanu e Victor Ramos deixou muito a desejar

Mas quem teve mesmo a chance de matar o jogo foi Kieza, que fez talvez fez seu pior jogo com a camisa do Vitória. Que Ramallo possa trazer essa disputa saudável pela posição, pois, ao meu ver, Kieza deveria ser substituído, mas não tínhamos no banco de reservas ninguém a altura.

Quarta-feira contra esse mesmo Cruzeiro é outro tipo de jogo, outra competição e com certeza outra história. O treinador Paulo Bento já sabe como atuamos e pode preparar estratégias de jogo, pode também usar o fator gol fora de casa, que sempre complica. A Mancini cabe preparar um outro veneno para surpreender. O torcedor precisa fazer seu papel, que é ir ao estádio ajudar, se tornar sócio e sempre cobrar mais da Direção, pois o time continua muito carente. O elenco ainda é do Estadual e estamos muito próximos da Z4.

É isso aí galera!

Seja Sócio SMV!

Por @AdsonPiedade

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 2 VITÓRIA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 3 de julho de 2016 (domingo)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (FIFA-PE)
Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite (CBF-PE) e Bruno César Chaves Vieira (CBF-PE)
Cartões amarelos: Bryan, Romero e Alisson (Cruzeiro); Kanu e Ramon (Vitória)
Cartão vermelho: Ramon (Vitória)
GOLS
CRUZEIRO: Alisson aos 23 minutos do primeiro tempo; De Arrascaeta aos 8 minutos do segundo tempo
VITÓRIA: Diego Renan, de pênalti, aos 19 minutos e Vander aos 37 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Lucas (Willian), Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Bryan (Allano); Lucas Romero, Bruno Ramires, Alisson, Elber (Alex) e De Arrascaeta; Riascos
Técnico: Paulo Bento

VITÓRIA: Caíque; Victor Ramos, Ramon e Kanu; Diego Renan, Amaral (Vander), Willian Farias e Euller; Dagoberto (Tiago Real), Kieza e Marinho
Técnico: Vagner Mancini

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.