Header Ads

Elias perde pênalti e Sampaio empata mais uma

Em jogo sonolento e sem graça, o Sampaio Corrêa recebeu o Bahia no Estádio Castelão, pela 16ª Rodada do Campeonato Brasileiro Série B, na última sexta-feira (15). O time da casa teve ainda a chance de sair com a vitória, mas o atacante Elias perdeu um pênalti no segundo tempo. Resultado inicial persistiu até o fim do jogo, 0 x 0 e vaias da torcida pelo time maranhense.


A primeira das pouquíssimas chances de gol foi do Sampaio. Léo Gago arriscou de muito longe e chutou forte, mas o goleiro Jean defendeu em dois tempos. O técnico Guto Ferreira foi obrigado a fazer primeira mudança ainda aos 13 minutos. Edgar Junio saiu lesionado para a entrada de Régis. A primeira chance real de gol do Bahia saiu somente aos 32’. Após um belo cruzamento da direita de Luisinho na área, Renato Cajá cabeceou vindo de trás, como elemento surpresa, mas a bola passou por cima do gol. Juninho também tentou em cobrança de falta à média distância. O chute não saiu tão forte, mas a bola passou com certo perigo ao lado do gol.

No início do segundo tempo, o Bahia fez outra alteração por lesão. Após disputa de bola com o goleiro do seu próprio time, o zagueiro Lucas Fonseca machucou-se e deu lugar para Éder. Aos 16 minutos, aconteceu o lance crucial da partida. Edgar, que entrou na vaga de Léo Gago, fez boa jogada na Linha de Fundo e foi derrubado dentro da área. Pênalti para o Sampaio. Elias foi para a cobrança e chutou na trave esquerda de Jean. Era um jogo truncado, de poucas chances, e uma chance tão clara não poderia ser desperdiçada. O atacante foi substituído por Carlos Alberto, voltando ao time após muitas rodadas de ausência por opção do técnico, e foi vaiado pela maioria dos torcedores presentes.

Somente aos 39 minutos, o Bahia voltou a assustar. Em cobrança de falta, a bola foi levantada na área e Zé Roberto desviou de cabeça, mas Rodrigo Ramos fez a defesa com segurança. O tricolor maranhense ainda tentou também em cobrança no fim do jogo com Edgar, mas sem susto para o goleiro baiano. O placar persistiu e o Sampaio deixou o gramado sob as vaias. O empate ficou com gosto de derrota, já que o time desperdiçou a chance de sair da lanterna, pois o Tupi perdeu para o CRB, na quinta-feira.

Durante quase o jogo inteiro o Sampaio jogou atrás da linha do meio de campo, respeitando demais o Bahia, por ter um elenco mais forte, e esperando o momento certo para contra-atacar, o que não aconteceu. O time maranhense abusou dos lançamentos diretos para Pimentinha, principalmente no primeiro tempo, mas sem sucesso algum, pois o atacante boliviano não conseguiu aproveitar nenhum desses lançamentos e a maioria deles nem mesmo chegou ao seu domínio, interceptados pelos defensores adversários. Era pouco para um time que precisa sair da zona de rebaixamento. O Bahia procurou ser mais agressivo e tocou bastante a bola no campo de ataque, mas não conseguiu criar nenhuma chance de grande perigo para o goleiro Rodrigo Ramos.

Agora o técnico Wagner Lopes terá pouco mais de uma semana para preparar o time para uma sequencia de dois jogos fora de casa e poderá contar com os retornos de Daniel Barros, Rafael Estevam e Guilherme Lucena, entregues ao departamento médico. O próximo embate da Bolívia Querida será diante do Londrina, no Estádio do Café, no sábado (23), às 21h.

FICHA DO JOGO: SAMPAIO CORRÊA 0 X 0 BAHIA

Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data/Horário: 15 de Julho de 2016, às 21h30.
Cartões amarelos: Léo Gago e Rayllan (Sampaio); Feijão, Juninho e Tinga (Bahia)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 4.455 totais e 3.067 pagantes

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Wágner Fogolari, Luiz Otávio e Renan Luís; Diego Lorenzi, Felipe Baiano, Léo Gago (Edgar) e Lucas Sotero (Rayllan); Pimentinha e Elias (Carlos Alberto). Técnico: Wager Lopes

Bahia: Jean; Tinga, Jackson, Lucas Fonseca (Éder) e João Paulo; Feijão, Juninho e Renato Cajá; Luisinho (Zé Roberto), Edgar Junio (Régis) e Hernane. Técnico: Guto Ferreira

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.