Header Ads

GREnal 410: o trator foi azul, preto e branco

Quando o assunto é clássico brasileiro, um dos primeiros - se não o primeiro - clássico a ser lembrado é o GREnal, quando o maior do Rio Grande do Sul, que veste tricolor, enfrenta o segundo maior, que atende pelo nome de Internacional e só era nacional até 2006. Um clássico que para a cidade de Porto Alegre e carrega grandes públicos para os estádios da cidade, é o clássico realizado entre Grêmio e Inter, que geralmente é disputado de forma acirrada entre as duas equipes.

PRÉ-JOGO:

Clássico é algo que sempre mexe com os ânimos de todos e que ninguém quer perder, principalmente quando se trata de um GREnal. Nos dias que antecederam o confronto, vazou um áudio do treinador colorado na internet. No áudio, Argel Fucks disse que o co-irmão passaria o trator no maior do Sul - a declaração já desenhava um cenário para complicar a vida dele no jogo. Clique aqui para ouvir o áudio. A declaração foi o assunto mais comentado da semana pelos colorados, que acreditaram na "pegadinha do Argel" e por nós, que sabíamos que isso não aconteceria.


(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Nossos jogadores levaram para o confronto a "motivação" do Argel, o nosso apoio do alentaço que teve no treino do último sábado (02) na Arena, nosso apoio no Beira-Rio e o histórico, que pesa ao nosso favor. Na história do Campeonato Brasileiro, vencemos o Inter em 21 oportunidades (com essa, 22), perdemos em 20 e empatamos 17 vezes. Marcamos 57 gols e sofremos 54. Dessas vitórias, levávamos o 4x1 de 2014 e o 5x0 de 2015 como goleadas recentes.

O JOGO:

Nesse domingo (03), o Grêmio foi até o Beira-Rio para enfrentar o Internacional em partida válida pela 13ª rodada do Brasileirão 2016, que aconteceu às 11h da manhã, com a nossa torcida comparecendo em peso. Argel mandou o Inter para o gramado com a sua filosofia de "mordedor" e lançou três volantes logo de início, talvez para tentar segurar o Grêmio. A tal filosofia do comandante colorado parecia prejudicar a equipe, quando o árbitro da partida marcou uma falta à favor do Tricolor logo aos 12 segundos de jogo, cometida por Rodrigo Dourado.

O sistema tático adotado pelo nosso co-irmão de jogar com três volantes prejudicou a ofensividade deles e facilitou a vida da nossa marcação, graças a Geromel (leia-se Deus), e o "trator" dava indícios de pifar. O Inter não nos trazia perigo e o nosso Imortal Tricolor soube aproveitar os pequenos espaços na defesa adversária. Aos 19 minutos da etapa inicial, Luan encaixou um ótimo passe para Everton nas costas da marcação e ele chutou forte para a defesa de Muriel, que rebateu para o meio, nos pés de Douglas, "o maestro pifador". O trator colorado acabou pifando, ou melhor, sendo pifado.

Ainda na etapa inicial, Argel mexeu no Inter e lançou Ferrareis no lugar de Fernando Bob, mas a alteração não mudou a equipe. No segundo tempo, um jogo de ataque contra defesa foi o que presenciamos no Beira-Rio e, além disso, um teste à nossa zaga, que vem sofrendo muito com a bola aérea - e era óbvio que o Inter tentaria explorar essa dificuldade. Os colorados, desesperados, lançaram 20 bolas na área e finalizaram 19, todas para fora da meta de Grohe. No final do segundo tempo, sofremos um pouco para manter a tradição, mas sobrevivemos e levamos os três pontos.

PÓS-JOGO:

Era óbvio que não deixaríamos passar em branco mais uma vitória e, muito menos, as declarações do Argel. Após o jogo, não faltaram zoações por parte dos jogadores, de nós, torcedores, e até mesmo das redes sociais do Grêmio. Abaixo, você poderá conferir algumas dessas zoeiras com o nosso co-irmão.


"Encerrada a lida no campo! Internacional 0x1 Grêmio #Brasileirão2016 #PraCimaDelesGrêmio #GreNal410 #DiaDeGrêmio" dizia o perfil oficial do clube no Twitter
(Foto: @Gremio)
"Claro que todas as coisas que falam de um lado serve de motivação de outro. Mas também digo que são coisas saudáveis, coisas que tem que acontecer no futebol. Acho que o futebol tá meio chato, a gente não brinca mais, mas eles também tem que segurar a bronca do outro lado, porém o trator acabou pifando", disse Edílson.

(Foto: Diego Guichard)
"Zoam falando que somos debutantes por não ganhar um título nacional há 15 anos, mas se esqueceram que já não conquistam um título nacional há mais tempo que nós", comentou um torcedor que preferiu não se identificar.

Douglas, o maestro pifador, não perdeu sua oportunidade de zoar através do seu Snapchat e mandou o seu recado no ônibus com a delegação Tricolor: "Fala rapaziada! Vou sair para beber de trator hoje". (Confira o vídeo clicando aqui).

No GREnal 410, o trator colorado pifou e o que atropelou foi o trator azul, preto e branco.

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.