Header Ads

Mudanças, surpresas e uma nova cara: o Flamengo em 2016

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Nação, 2016 tem sido uma viagem intensa e de muitos altos e baixos. Passamos da metade do ano e, após momentos conturbados, críticas, crises e surpresas, vivemos agora o último passo para a transição da "Era Muricy Ramalho" para imprevisível – de uma forma positiva – Era Zé Ricardo.

Os últimos jogos mostraram os diversos lados do Flamengo que ainda precisaremos entender. Desde o empate por 2 a 2 com o São Paulo, o rubro-negro oscilou bastante, com três vitórias e duas derrotas, mas jogou bem em boa parte dos confrontos. O Mais Querido de Zé Ricardo joga simples, para vencer e conquistar os pontos, sem inventar demais – precisávamos muito dessa mudança.

Os confrontos contra Corinthians e Atlético-MG mudaram muito o Fla de agora. Contra os paulistas, perdemos o controle após a expulsão de Zé Ricardo e um erro custou uma dolorosa derrota fora de casa. Por essa partida, perdemos não só o treinador, mas Ederson, que sofreu dura entrada de Fágner e acabou com uma contusão óssea no joelho esquerdo, e Rodinei, com uma luxação no cotovelo esquerdo. Ambos vão ficar mais de um mês fora. Guerrero levou o terceiro amarelo e deu lugar a Felipe Vizeu; Alan Patrick sentiu lesão dias antes do duelo contra o Galo e também seria ausência. Mancuello, mesmo com febre, decidiu jogar.

Poderia dar muito errado ou muito certo, mas quem se deu bem em Brasília foi o Flamengo. Mesmo com muitas ausências, o poder de superação da equipe refletiu diretamente no resultado e, ainda que alguns momentos tenham sido de apreensão, o Mais Querido saiu vitorioso e jogando bem.

Zé Ricardo finalmente foi efetivado e agora continuar a fazer seu bom trabalho. O Flamengo anunciou Alejandro Donatti, zagueiro que deve estrear logo, e Leandro Damião para praticamente fechar o elenco. Em breve podemos ter mais um nome e definir de vez a equipe de 2016.

Leandro Damião foi anunciado nesta quinta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Sábado teremos um clássico para disputar e será o momento ideal para consolidar a boa fase. Contra o Botafogo no Estádio Luso-Brasileiro (ou Arena Botafogo, como está sendo chamado agora), o Flamengo poderá conquistar a primeira vitória depois da efetivação de Zé Ricardo. Precisamos vencer mais uma vez.

Mariana Sá | @marigarboggini 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.