Header Ads

Ponte Preta não tem nada a ver com a irritação dos outros

No Majestoso, a Ponte Preta recebeu o São Paulo na tarde deste domingo (03), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Clayson marcou o gol que decidiu a partida e colocou a Macaca na oitava colocação com apenas dois pontos atrás do G4.

Clayson marcou, e a Ponte Preta venceu o São Paulo. (Foto: Marcos Bezerra/Estadão Conteúdo)

A Ponte Preta vinha embalada após uma bela vitória fora de casa na última rodada, e jogando em casa contra um São Paulo remodelado, e de olho na Libertadores a vitória já era esperada. Isto se tornou mais inevitável ainda quando o árbitro Vinicius Furlan expulsou o são paulino Matheus Reis, logo aos 8’ da primeira etapa. Bauza, irritado com a expulsão de seu jogador, invadiu o campo reclamando muito com a arbitragem e também foi para o chuveiro.  E estas foram as grandes emoções da primeira etapa.

No segundo tempo, a Macaca voltou mais organizada e aproveitando bem os espaços por estar com um a mais, assim, o gol não demorou a vir. Aos 11’, Reinaldo ex-jogador do São Paulo, cruzou para Wellington Paulista que parou na defesa de Denis. No rebote, Clayson estava no lugar certo para empurras para as redes, e decretar a vitória Pontepretana. Após a partida o treinador Eduardo Baptista falou sobre o autor do gol.

(Foto: Gazeta Press)
Quanto ao Clayson é um jogador que batalha muito diariamente e tem muita personalidade. Saiu de campo contra o Cruzeiro um pouco criticado e deu a volta por cima. Dentro daquele jogo não se omitiu, mostrou personalidade, apareceu para o jogo”.

A Macaca volta a campo no próximo sábado (9) contra o Sport, mais uma vez em casa.

Lucas Nascimento || @lucasjr_10

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.