Header Ads

Clássico de 7 gols e frustração no lado londrino

Não tem como esperar algo diferente se nenhuma mudança é feita, esse é o sentimento de boa parte dos torcedores do Arsenal. A estreia na Premier League foi frustrante, um belo jogo com sete gols em que os Gunners acabaram derrotados pelo rival Liverpool.

Walcott abriu o placar para o Arsenal aos 31'. Foto: Getty Images/The Guardian
The Walcott perdeu um pênalti aos 30 minutos, mas se redimiu um minuto depois abrindo o placar para os Gunners. A tarde parecia favorável aos londrinos, até que, já nos acréscimos da primeira etapa, Coutinho empatou em uma belíssima cobrança de falta, nem dois Petr Cech’s teriam defendido aquela bola.

Com a igualdade no marcador, esperava-se um segundo tempo mais equilibrado. Mas os visitantes tomaram a frente e abriram 3 a 1 logo aos 11 minutos com Lallana e Coutinho, sempre ele. Um Arsenal atordoado não conseguiu reagir e só para deixar as coisas mais complicadas, Sadio Mané fez o quarto dos Reds aos 63'.

Na jogada seguinte, Oxlade-Chamberlain fez o segundo do Arsenal e colocou os donos da casa de volta no jogo. Faltando 15 minutos para o final do jogo, Chambers marcou o terceiro e deixou os Gunners esperançosos com a chance de conquistar pelo menos um empate. Entretanto, o 3-4 no placar persistiu até o último apito do árbitro e o Arsenal estreou oficialmente na temporada com uma derrota em casa.

Durante o jogo, a torcida do Arsenal protestou com o cântico: “Spend our fuck... money” algo como “Gaste nosso maldito dinheiro”. Um protesto surreal em que a torcida implora para que Wenger e a diretoria sejam mais ativos na janela de transferências e contratem nomes de peso para o atual elenco. O Arsenal volta a campo no próximo sábado (20/08), quando enfrenta o atual campeão Leicester, no King Power Stadium, às 13h30min.

#WeAreArsenal!

Lucas Felipe (@lsouza73)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.