Header Ads

Botafogo goleia o Guaratinguetá, encosta no Guarani, e fica muito perto da classificação na Série C

Botafogo-SP em Sertãzinho.
Na manhã de ontem, em Sertãozinho, no interior de São Paulo, o Botinha venceu mais uma na Série C, e diminui agora para dois pontos, a desvantagem que tem para o líder de seu grupo, o Guarani, que foi derrotado ontem fora de casa, para o Boa Esporte, de Varginha. O resultado não só coloca o Tricolor de Ribeirão perto da liderança de seu grupo, como também perto da liderança geral do torneio. O que no caso, daria o direito ao Pantera a disputar todos os jogos decisivos na fase mata-mata, dentro de casa.

O Botafogo agora se prepara para um desafio mais difícil. O próximo compromisso do Tricolor será fora de casa, na fria Caxias do Sul, contra o bom time do Juventude. Jogo essencial para as pretensões de se consolidar rumo à segunda fase.

O JOGO

O gramado pesado atrapalhou um pouco o início de jogo do Botinha, que aos poucos mostrava sua melhor condição técnica superior ao adversário, e começava a mandar na partida. O Guará, praticamente todo postado atrás, se segurava como podia e tentava explorar os contra-ataques, mas sempre sem sucesso.

O Botafogo pressionou pelas jogadas de ponta e chegou ao primeiro gol aos 33 minutos. Serginho, um dos homens de frente muito contestado pela torcida, fez grande jogada pela ponta direita e passou para Daniel, que tentou o arremate, mas foi pressionado pelo zagueiro. A bola sobrou para Isac, outro muito questionado, livre, encher o pé esquerdo e estufar as redes defendidas por Flaysmar. Era o primeiro gol do atacante pelo Pantera, que caiu nas lagrimas após o tento. A fase era muito ruim, e a torcida em cima, pressionava demais o atleta.

O Tricolor de Ribeirão manteve a pressão, teve uma boa chance de cabeça com Tiago Marques, outra vez muito bem, e até marcou o segundo gol, nos acréscimos do primeiro tempo, mas o gol acabou sendo invalidado, já que o atacante da ocasião, Serginho, estava impedido. 

Tiago Marques: Dois jogos, dois gols na competição.
O Pantera voltou para o segundo tempo querendo resolver a parada logo no início e não correr perigos. Logo aos 11 minutos, Daniel Borges, outra vez jogando muita bola, cruzou da direita na cabeça de Tiago Marques, que subiu mais que a zaga e testou firme para fazer o segundo do Pantera e o seu segundo gol em dois jogos pelo Tricolor. Jogador indicado pelo treinador Márcio Fernandes, vai mudando os ares do ataque na competição.

Não deu nem tempo para o Guaratinguetá respirar e o Foguinho já estava fazendo o terceiro. Tiago Marques, sempre ele, cruzou rasteiro da direita e Isac, que estava a poucos metros do gol, complementou de letra. Golaço! E de quebra o fim de um jejum incomodo, fazendo dois gols. Com o placar dilatado, Márcio Fernandes aproveitou para mudar seu time. Colocou Carlos André e deu a primeira oportunidade para Leleco e Sousa, recém-chegados.

O contestado Isac, marcou duas vezes frente ao Guará.


















O quarto gol do Pantera não demorou a sair. Aos 33 minutos da etapa complementar, Serginho recebeu na entrada da área e, de pé direito, colocou rasteiro no canto do goleiro do Guará. Só faltava o dele para fechar a convincente vitória fora de casa, em Sertãozinho. Vitória não, goleada.

Veja os gols:

⚽ Isac (0-1, 33'PT)
⚽ Tiago Marques (0-2, 9'ST)
⚽ Isac (0-3, 11'ST)
⚽ Serginho (0-4, 33'ST)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.