Header Ads

Botinha não joga bem, mas volta a vencer na Série C

Torcida compareceu, e Botinha voltou a vencer na Série C
O que parecia no começo ser uma vitória fácil, ao longo da partida se tornou um tremendo sufoco para o tricolor de Ribeirão. O Botafogo conseguiu depois de cinco jogos sem vencer sair vitorioso do Santa Cruz, e cessar a falta de gols que tinha pelos lado de seu ataque. Mas não foi tão fácil como se esperava, ou parecia. O próprio placar já diz por si só, um apertado 1 a 0.

O Foguinho que entrava em campo de certa forma “pressionado”, pelo fato de não vencer a cinco partidas, via também a chance de se reabilitar na competição contra um adversário que não vem bem das pernas. O Ypiranga contando com o tropeço de ontem, não vence a três partidas, e é só o sétimo colocado na tabela do Grupo 2. Mesmo com todos esses fatores a favor, assim como o mando do jogo e a torcida, o time precisava se livrar da “seca” de gols que o seu ataque passava, desde a saída de Danilo Bueno e Alemão. Márcio Fernandes repetiu o ataque, e foi a campo com o contestado Isaac, e o até agora discreto Diego Campos.

O jogo:

Parecia que seria o dia que o Botafogo iria tirar a barriga da miséria. Já aos quatro minutos de partida, depois de bom lançamento em diagonal de Derli para Daniel Borges, o lateral direito do tricolor que substitui Samuel Santos, deu cruzamento perfeito para Zotti, que entrou de carrinho e finalizou com perfeição, para abrir o marcador da partida. Um a zero.

O jogo daí em diante parou para a equipe do Botafogo. O que se viu no primeiro tempo em diante, foi a equipe do Ypiranga tentando correr atrás do prejuízo do gol tomado, e por algumas vezes assustando a meta do goleiro Neneca. Em um momento, o goleiro tricolor tentou sair jogando, e se complicou, entregando a bola nos pés do time canarinho, que para a sorte dos donos da casa, teve a rápida intervenção de Pituca, que desarmou Tulio Renan em cima da hora.

Meia Zotti, foi o autor do gol tricolor.

Veio o segundo tempo e com ele o time gaúcho mais ofensivo. O Botafogo que só se preocupava em se defender, viu o time de amarelo exercer certos perigos ao seu goleiro, e todas as jogadas de ataque passando pelos pés do meia Danilinho, que armava o jogo direto para os atacantes. Em duas oportunidades João Paulo tentou marcar, mas Neneca fez seguras defesas que conseguiram segurar o jogo até o fim com vitória do tricolor.

O Botafogo-SP mostrou deficiência em alguns setores de sua equipe, como a saída de bola, que quando foi pressionada pelos jogadores do time adversário, trouxe dificuldade a Mancini e Filipe. E também por mais uma vez, o ataque foi muito criticado. Diogo Campos se mostrou esforçado ao correr atrás de bolas perdidas no ataque, já Isaac, que sem contar a insatisfação do torcedor com seu futebol, se mostrou juvenil em certo momento do segundo tempo, e foi expulso ao levar o segundo amarelo em falta no meio campo, totalmente desnecessária, que deixou o time botafoguense em desvantagem até os últimos quinze minutos finais. Mais motivos para o torcedor pegar birra de seu centroavante.

Com a vitória, o Botinha chega aos dezenove pontos na competição, e se mantém na terceira colocação do Grupo 2. Agora o tricolor de Ribeirão abre três pontos de vantagem do primeiro time fora do G-4, o Tombense-MG, que tem dezesseis pontos. O time agora folga nessa segunda-feira, e já na terça volta aos trabalhos visando à próxima partida, na próxima segunda (8), contra o Boa Esporte, em varginha, as 19h15. Já o Ypiranga, sétimo colocado, recebe a Portuguesa domingo (7), em casa.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.