Header Ads

Com Walter inspirado, Furacão segue a caçada pelo G4

Walter em noite de gala, levou vantagem na maioria das jogadas. (fonte: Tribuna do Paraná)
Na noite desta quarta-feira, o Atlético recebeu em sua casa o até então líder Corinthians e não decepcionou os mais de 27 mil torcedores presentes. Em noite muito inspirada, o atacante Walter foi o responsável pelos dois gols que mantiveram o Furacão na caça dos líderes da competição e cada vez mais próximo do grupo de classificação para a Libertadores da América.

Com bola rolando, a primeira etapa foi marcada pelo grande equilíbrio das duas equipes, tanto na posse de bola, quanto pelas oportunidades. O rubro-negro tomou a iniciativa da partida em busca do gol e teve mais chances de abrir o placar. As oportunidades que mais levaram perigo ao goleiro Cássio foram uma cabeçada de Marcos Guilherme e Hernani em dois momentos, um deles em cobrança de falta.

Pelo lado dos paulistas, a melhor oportunidade do primeiro tempo foi após um cochilo da defesa atleticana. Fágner tentou jogada com atacante em impedimento e acabou ficando com a bola dominada na linha de fundo, o lateral fez belo cruzamento para atrás e encontrou o volante livre de marcação que finalizou forte, porém no meio gol, o que facilitou a vida do arqueiro Santos, jogador que substitui Weverton, servindo a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos.

Na volta do intervalo, o time visitante estava melhor e teve duas grandes oportunidades quase em sequência, mas parou no goleiro Santos mais um vez. A mais clara surgiu após cobrança de escanteio e Romero, dentro da pequena área finalizou, e o arqueiro foi buscar, sedendo mais um escanteio. Porém, no "terceiro quarto" da partida o Atlético conseguiu encaixar o que tem de mais perigoso em seu repertório, as jogadas de velocidade em contra-ataque. E foi assim que chegou ao primeiro gol, quando o zagueiro Paulo André, após recuperar a bola na intermediária, foi ao ataque e achou Wagner, que dominou e finalizou de no canto forte de Cássio. 

Com o placar a favor do time da casa, os visitantes, que defendiam a primeira posição, adiantaram suas linhas e o Atlético se armou definitivamente para dar o bote final. O gol que sacramentou a vitória saiu em um momento que o Corinthians aplicava uma pressão no Furacão, mas após uma cobrança de falta, a bola acabou sobrando para Lucas Fernandes, que puxou contra-ataque em velocidade desde o campo de defesa e rolou para o artilheiro da noite, que teve apenas o trabalho de tocar no contra pé de Cássio para dar número finais ao jogo.

O resultado colocou o Furacão temporariamente na sexta colocação e o Timão em segundo, porém ambos podem cair na tabela, pois a rodada ainda tem continuidade nesta quinta-feira e Palmeiras, Grêmio e Atlético-MG ainda não jogaram. 

Sequência difícil é o que espera o Atlético nas próximas rodadas. Nos próximos três compromissos pelo Brasileirão, o time sai para enfrentar o Flamengo no Espirito Santo na partida que fecha o primeiro turno. Já os primeiros duelos do segundo turno são contra Palmeiras (Arena da Baixada) e Atlético Mineiro (Independência). Além disso, a equipe de Paulo Autuori enfrenta do Grêmio pela Copa do Brasil.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.