Header Ads

O Cruel não perdoou

Se tem um assunto que o Joinville domina, este se chama clássicos. Na última sexta-feira (26), o JEC foi até o Sul do estado de Santa Catarina para enfrentar o Criciúma, às 20h30, no estádio Heriberto Hülse, que também é conhecido como nosso salão de festas. O Tricolor do Norte precisava de uma vitória para iniciar a reação e escapar da zona de rebaixamento, enquanto o Tricolor do Sul procurava encostar no pelotão de frente da Série B.

Quando o árbitro da partida, Celio Amorim, apitou, a bola rolou para mais um clássico entre JEC e Criciúma. Logo nos primeiros 8 minutos de jogo, o Tricolor do Sul pressionava muito o Joinville, com jogadas de bola alçada na área em busca do gol que inauguraria o placar, mas não teve sucesso. No futebol existe o ditado popular que afirma que "quem não faz, leva" e o Criciúma levou. Jael recebeu a bola dentro da grande área e tentou um toque de calcanhar, que rebateu em um zagueiro adversário, cobriu o outro defensor que o marcava e Jael fez jus ao seu apelido e foi cruel. Criciúma 0x1 Joinville.

Jael, capitão do JEC, comemorando seu gol com os companheiros.
(Foto: João Lucas Cardoso/JEC)
Após sofrer o gol, o Criciúma tentava reagir e continuava apostando nas bolas aéreas, mas a defesa do JEC levou a melhor em todas. O jogo seguiu disputado, com o Criciúma atacando um pouco mais que o Joinville, mas sem sucesso. Aos 41 minutos do primeiro tempo, a defesa do Tricolor do Sul vacilou e, por muito pouco, Jael não ampliou o marcador. Méritos do goleiro Edson. A etapa inicial terminou bem disputada e com chances para ambos os lados, mas o Tricolor do Norte levou a melhor.

Para a etapa complementar, o técnico Roberto Cavalo promoveu duas alterações - Douglas Moreira e Gabriel Leite que entraram nos lugares de João Afonso e Caíque Valdívia, respectivamente - que pouco melhoraram a equipe do Sul catarinense. Os donos da casa seguiram envolvidos pelo Tricolor, que continuava levando perigo à meta de Edson. O Tigre teve suas melhores chances no segundo tempo aos 14 minutos com um chute de Diego Giaretta, que acertou o travessão e voltou a assustar aos 41', mas não conseguiu sucesso. O Joinville só precisou administrar o resultado e assegurar a vitória. Criciúma 0x1 JEC.


O Joinville volta à campo na próxima terça-feira, às 19h15, na Arena Joinville, para tentar embalar uma sequência de vitórias na Série B do Brasileirão e escapar da zona da degola.

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.