Header Ads

Sampaio faz bom jogo, mas fica no empate com o Vasco

O Sampaio Corrêa foi a Cariacica-ES enfrentar o Vasco, neste último sábado (20). O confronto de extremos na tabela foi bem dividido, com o “time da casa” fazendo um bom primeiro tempo e os visitantes mandando no segundo. O líder do campeonato ainda precisou de uma ajudinha da arbitragem para evitar a derrota em seu aniversário. O resultado em 1 x 1 não foi bom para o tricolor, que precisa desesperadamente de vitórias.

Foto: Carlos Gregório Jr. (vasco.com.br)


Somente aos 14 minutos, a primeira chance de gol foi criada. Nenê lançou para Ederson dentro da área, a defesa do Sampaio não interceptou o passe e o atacante finalizou no centro do gol para a tranquila defesa de Rodrigo Ramos. Aos 23’, o Vasco voltou a levar perigo. Nenê recebeu de Madson na área e chutou colocado com muito perigo.

O gol do time cruzmaltino saiu após pênalti assinalado de Luiz Otávio em Madson. O zagueiro tricolor levantou a perna na altura do peito do lateral e recebeu o cartão amarelo. Nenê fez a cobrança e converteu em gol, aos 30’. Dois minutos depois, o time da casa quase amplia o placar.

Após falha na saída de bola do Sampaio, o ataque vascaíno fez uma triangulação dentro da área e Ederson finalizou com perigo. Somente no minuto final, o Tricolor de São Pantaleão levou relativo perigo. Pimentinha finalizou da entrada da área. O chute não foi tão forte, mas perigoso. Elias quase chega à bola para desviar.

O segundo tempo reservou maiores emoções para a torcida da Bolívia Querida. Logo aos 4 minutos, Enercino levantou a bola na área em cobrança de falta e Héverton, que havia entrado no intervalo no lugar do lateral esquerdo Renan Luís, desviou de cabeça para empatar a partida.

O tricolor não se intimidou diante de um adversário que vive situação completamente oposta e partiu para o ataque. Pimentinha tabelou com Elias na entrada da área e chutou para a defesa de Martín Silva. Na sobra, o atacante finalizou, mas o goleiro novamente fez a defesa. Aos 23 minutos, o Vasco quase desempata a partida. Yago Pikachu lançou para Ederson dentro da área, que finalizou na trave direita de Rodrigo Ramos.

O Sampaio conseguiu criar mais uma chance após lançamento de Lucas Sotero para Pimentinha. O atacante tricolor entrou na área, driblou o marcador e chutou para a defesa do goleiro vascaíno.

Aos 40 minutos, ocorreu o lance polêmico da partida. Em cobrança de falta, Rayllan levantou a bola na área e Wágner Fogolari testou para o fundo das redes. O árbitro Igor Junio Benevenuto (fiz questão de destacar o nome do sujeito) apontou para o meio de campo, mas o assistente invalidou o lance alegando falta cometida pelo zagueiro do Sampaio no defensor vascaíno, um erro grotesco que custou caro. Já não basta termos convivermos com a falta de pontaria do nosso ataque e com a situação difícil do clube na tabela, ainda temos que lidar com mais um erro ridículo da arbitragem, que nos prejudicou mais uma vez.

O jogo chegou ao fim, com o empate em 1 x 1 persistindo. O Sampaio fez um primeiro tempo ruim, esperando em boa parte apenas em seu campo de defesa e só ameaçou uma vez. O segundo tempo foi totalmente oposto. A entrada de Héverton na lateral deu maior proteção à defesa com as investidas de Madson e o deslocamento de Pimentinha para o lado esquerdo abriu um espaço no sistema defensivo vascaíno, possibilitando a criação de algumas jogadas de perigo. O tricolor teve o controle do meio de campo e da posse de bola.

A situação da Bolívia Querida está cada vez mais complicada, já que não vence e vê seus adversários diretos conquistando vitórias e se distanciando do pelotão de trás. Na próxima rodada o Sampaio volta aos seus domínios para enfrentar o Avaí, no dia 23, terça-feira, às 19h15, no Estádio Castelão, em São Luís. Agora, mais do que nunca, é necessário vencer e seguir vivo na luta. “Vumbora”, Sampaio!

FICHA DO JOGO:
VASCO DA GAMA 1 X 1 SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Kleber Andrade, Cariacica (ES)
Data/Hora: 20 de Agosto de 2016, às 16h30.
Gols: Nenê, aos 30’ 1ºT (Vasco); Héverton, aos 4’ 2º T (Sampaio)
Cartões amarelos: Andrezinho, Nenê e Diguinho (Vasco); Luiz Otávio, Héverton e Enercino (Sampaio)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Vasco: Martín Silva; Madson (Evander), Rafael Marques, Jomar e Henrique; Diguinho, Andrezinho e Nenê; Eder Luís (Yago Pikachu), Éderson e Jorge Henrique (Thalles). Técnico: Jorginho

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Wágner Fogolari, Luiz Otávio e Renan Luís (Héverton); Diogo Orlando, Tássio, Rayllan e Enercino (Lucas Sotero); Pimentinha e Elias (Thiago Santos). Técnico: Flávio Araújo

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.