Header Ads

Se tem Coutinho, tem show

A Premier League voltou em grande estilo para essa temporada 2016-17. Já na primeira rodada da competição, os deuses do futebol reservaram um espetáculo para o clássico entre Arsenal e Liverpool, na tarde do último domingo (14), que terminou com uma vitória por 4-3 da equipe visitante. De um lado, os donos da casa, que terminaram a última temporada com a vice-liderança e não pensaram duas vezes antes de investir pesado nas contratações. Do outro, uma equipe que vem sendo formada com a mentalidade de jogo coletivo e cautela na hora de investir em reforços, mas que tem foco total no título da liga.


Arsène Wenger, pressionado a conquistar um título na sua possível última temporada no comando técnico do Arsenal, esperava dificuldades, mas não contava com um dia inspirado dos Reds e, inclusive, abriu o marcador. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Walcott desperdiçou um pênalti, que foi defendido por Mignolet. Mas alguns segundos depois, o mesmo Walcott se redimiu após um chute cruzado na entrada da área.

Mas quando se trata de Liverpool, qualquer resultado é reversível - e temos provas suficientes disso. Se tiver Philippe Coutinho em campo, a qualquer momento podemos ter um show de futebol. O "pequeno mágico" iniciou seu show no apagar das luzes no primeiro tempo, marcando um belo gol de falta, aos 46, no ângulo de Petr Cech com um chute perfeito e igualou o marcador. Arsenal 1x1 Liverpool.


Após o intervalo, Coutinho e Cia continuaram o show. Wijnaldun recebeu um passe do "pequeno mágico" e cruzou para Lallana, que dominou e virou o marcador para os Reds. Instantes depois, Clyne arrancou pela direita e cruzou para a área do Arsenal e encontrou Philippe Coutinho, que concluiu como um centroavante e ampliou o placar. Arsenal 1x3 Liverpool. Aos 17 minutos, Sadio Mané fez uma linda jogada individual, costurou pela defesa dos Gunners e acertou o ângulo de Cech, que nada pôde fazer. Arsenal 1x4 Liverpool.

Após o quarto gol do Liverpool, o Arsenal acordou na partida, mesmo com as lesões de Ramsey e Iwobi, que deram lugar a Cazorla e Chamberlain, respectivamente. Pouco tempo após entrar, Chamberlain descontou e, aos 29 minutos, Chambers subiu mais alto que toda a zaga do Liverpool em um cruzamento e diminuiu o marcador. Arsenal 3x4 Liverpool. Mesmo tendo sido pressionado, o Liverpool conseguiu sustentar a vitória e conquistou os seus primeiros três pontos e, com show de Coutinho, iniciou sua caminhada rumo ao título da Premier League.

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.