Header Ads

Tottenham sai atrás, arranca empate, mas perde os 100% no WHL

Na partida que abriu a 3ª rodada da Premier League, o Tottenham recebeu o Liverpool neste sábado (27), no White Hart Lane, em Londres. Os Spurs fizeram a segunda partida consecutiva em casa, buscando mais uma vitória para embalar na competição, mas saíram atrás do placar e o máximo que conseguiram foi o empate.


Os Spurs mantiveram a invencibilidade (Foto: Getty)
Nos onze iniciais, Maurício Pochettino armou um time mais conservador em relação à partida contra o Crystal Palace. Sem os dois centroavantes, a equipe foi menos ofensiva e Janssen foi sacado da equipe titular, enquanto Kane foi mantido. Por outro lado, o meio campo foi preenchido com a presença de Dele Alli ao lado de Dier, Wanyama, Eriksen e Lamela. Já a defesa foi mantida com Vorm; Walker, Alderweireld, Vertonghen e Rose, ainda sem o capitão Lloris, lesionado. Entretanto, não demorou muito para que a estratégia fosse mudada, mais precisamente aos 27 minutos. 

O JOGO

Nos primeiros minutos de jogo, o Tottenham até dominou em posse de bola e esteve mais presente no campo de ataque, só que não levou muito perigo adversário. O Liverpool, por sua vez, deu seu cartão de visitas e já criava boas chances no início. Logo aos 4 minutos, Coutinho recebeu de Firmino e ficou cara a cara com Vorm, mas o goleiro holandês evitou o gol com a perna direita. 

Aos 27', Walker sentiu lesão e teve que se substituído, dando lugar à Janssen. A alteração deixou time da casa mais ofensivo, porém, mais vulnerável. Dele Alli teve que ser recuado para que Dier passasse a atuar improvisado na lateral-direita. E as melhores chances do adversário surgiram pelo lado direito da defesa. Em uma delas, Firmino apareceu, invadiu a área e foi derrubado por Lamela, que cometeu o pênalti aos 43 minutos. Na cobrança, Milner deslocou Vorm, que fazia grande partida, mas não conseguiu evitar que o placar fosse inaugurado. O primeiro tempo terminou com o Liverpool vencendo por 1 a 0.

Na volta do intervalo, os mandantes passaram a ter mais volume de jogo, mas os visitantes abusaram da velocidade e estiveram mais próximos de ampliar. Aos 7 minutos, Milner cobrou escanteio e Matip meteu a cabeça na bola, que passou rente ao travessão. Aos 10', Dier errou passe e Winaljdum puxou contra-ataque, que surtiu no cruzamento de Lallana e gol anulado por impedimento de Mané. 

Só a partir dos 15 minutos o Tottenham cresceu no jogo e teve boas chances de empatar, mas o goleiro adversário começou a aparecer. Aos 17', a bola foi rolada para Eriksen, que desperdiçou boa chance da entrada da área. No minuto seguinte, Lamela teve falta para cobrar e deu trabalho para Mignolet, que espalmou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Alderweireld cabeceou, mas novamente o goleiro compatriota conseguiu evitar o empate.


Rose garantiu pelo menos um ponto para os Spurs (Foto: Reuters)
Porém, não demorou muito para que as chances fossem convertidas em empate, que já parecia justo. Aos 27 minutos, Dier se redimiu da péssima partida que fazia ao cruzar para área e a bola ser desviada, antes de sobrar para Rose dentro da área. O lateral-esquerdo recebeu livre e não deu chances à Mignolet, que desta vez viu a bola entrar, deixando tudo igual. 

Não satisfeitos com o empate, os Spurs seguiram buscando mais um gol, mas as chances ficaram escassas. Já no fim, Maurício Pochettino fez duas alterações, colocando Onomah e Winks nos lugares de Kane e Eriksen, respectivamente. Ambos saíram depois de uma partida sem brilho, assim como toda a equipe, que pode render mais.

Situação na tabela e próximo compromisso: Com o resultado, os Spurs perderam os 100% de aproveitamento em casa, mas mantiveram a invencibilidade e estão na 6ª colocação da Premier League. A próxima rodada só acontece após a data FIFA, quando o Tottenham visita o Stoke City, no dia 10/09. 

#COYS

Por: Marcelo Júnior || Twitter: @marcelinjrr / @SiteLF / @PLBrasil_LF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.