Header Ads

Visando a vice-liderança, Botinha enfrenta a Lusa em casa

O Botafogo pode na noite desta segunda-feira (15) chegar a vice-liderança de seu grupo, em caso de vitória frente à Portuguesa, dentro de casa. O time tricolor de Ribeirão Preto vem de um empate sem graça frente ao Boa Esporte no domingo passado, fora de casa, e vem em busca de uma vitória convincente para mostrar estabilidade na competição para seu torcedor. Empolgados, os torcedores lembram com bons olhos o resultado do jogo de ida entre as duas equipes, quando o tricolor aplicou uma sonora goleada na Lusa, em pleno Canindé. Cinco a zero.

Muito mudou desde daquela brilhante atuação do Botinha no Canindé, naquela manhã de domingo, no dia 12 de junho. Se por um lado a Portuguesa começa a se acertar na competição, por outro o tricolor oscilou nas últimas rodadas, e perdeu peças importantes, e que foram inclusive, fundamentais naquela goleada. Alemão, autor de dois gols na vitória do jogo da ida, não faz mais parte do elenco. Assim como o elogiado Samuel Santos, que também não faz mais parte do elenco do técnico Marcio Fernandes.

Ultimo treino, antes do jogo.
Com 20 pontos, mas ainda com um jogo a menos que todos seus concorrentes na disputa para a classificação, o Botafogo precisa da vitória para não terminar a rodada fora do G4 do grupo. Todos os seus adversários diretos na classificação somaram pontos. Juventude e Boa Esporte empataram em Caxias, enquanto o Ypiranga fora de casa, venceu o virtual rebaixado Guaratinguetá.

Ultimo jogo, e dispensas

Como você percebeu amigo leitor, na ultima partida do Botinha pelo campeonato eu não coloquei meu ponto de vista da partida aqui na coluna. Eu peço desculpas pela falha, e pela falta de tempo que tive, devido à volta de minhas aulas na faculdade de Jornalismo. É difícil, muita coisa, ainda por cima por ser os primeiros termos, mas a minha paixão pelo Botafogo-SP e por expor esse sentimento não ficaria por baixo jamais.

O jogo contra o Boa foi bem sem graça, sem muitas chances para ambas as equipes, e o que mais interessante relacionado a esse jogo que aconteceu, foi depois que ele acabou. Isso porque, devido ás más atuações de seus centroavantes, a diretoria tricolor resolveu dispensar os atacantes Brunão e Isaac. Ambos já estavam saturados com o torcedor, que sem paciência, pedia urgência para tira-los do time. Ambos os atletas não deverão nem ser relacionados para enfrentar a Lusa.

FICHA TÉCNICA:

Botafogo: Neneca; Daniel Borges, Filipe, Matheus Mancini e Augusto Ramos; Rodrigo Thiesen, Pituca, e Zotti; Carlos André, Cléo Silva e Diogo Campos. Técnico: Márcio Fernandes.

Portuguesa: Pegorari; Douglas Oliveira, Marcelo, Augusto e Denner; Caique, Vinicius, Ronaldo e Leonardo; Bruno Mineiro e Bruno Xavier. Técnico: Jorginho.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho (SP) Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Katiucia de Mota Lima (SP)

Transmissão: EIMaxx

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.