Header Ads

Cumprindo tabela

Fala nação azul, nada como um dia após uma classificação. Depois da goleada no jogo de ida, a Raposa já estava praticamente com os dois pés na vaga das quartas de final. Entretanto, tínhamos a volta e, como o futebol é um esporte cheio de surpresas, precisaríamos manter os pés no chão. No confronto, o Maior de Minas fez uma partida “treino” e concretizou a classificação.

As conquistas da Raposa pela competição foram em 1993, 1996, 2000 e 2003, não há dúvidas que estamos com saudade de comemorar um título da Copa do Brasil. Então Cruzeiro está liberado conquistar o penta esse ano e encarar cada jogo como uma final, sem subestimar nenhum adversário. Desse modo seguiremos forte nesta busca.

@Cruzeiro
Essa é para você que gosta de um bom retrospecto. O Maior de Minas já participou vinte vezes da Copa do Brasil, em nove vezes se classificou para as quartas e apenas em três não chegou à final.

Sobre o jogo:

Com a vantagem construída no primeiro jogo, a Raposa entrou em campo com muita tranquilidade e a única preocupação da equipe celeste era comandar a partida e se preocupar em não tomar gols. O Cruzeiro fez aquele famoso jogo para cumprir a tabela.

Mesmo com esquema defensivo da equipe carioca, o time mineiro conseguia achar alguns espaços para assustar o Botafogo. As principais jogadas da Raposa se resumiam com Élber e Arrascaeta, que eram os responsáveis pela jogadas de ataque. Ábila, como sempre, foi procurado para finalizar na primeira oportunidade.

@Cruzeiro
Quando o time visitante resolvia jogar, tínhamos o Rafael para fazer boas defesas e nos passar tranquilidade ao decorrer do confronto. Em uma cobrança de escanteio aos 36 minutos, por incrível que pareça, aconteceu algo que ninguém esperava, o famoso gol de escanteio. Há quanto tempo não víamos esse tento? O responsável por marcar o único gol da partida foi o cabeça de míssil, vulgo Bruno Rodrigo.

O segundo tempo da Raposa não foi muito diferente do primeiro, o gol marcado no etapa inicial deu passividade para continuar fazer uma partida tranquila. Sem sufoco, a classificação que já estava encaminhada, foi apenas administrada e agora o Cruzeiro aguarda o sorteio para conhecer seu próximo adversário.


Paula Fernandes- @Paulinha_CEC

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.