Header Ads

Um passo de cada vez

Nem mesmo o mais otimista esmeraldino que foi ao Serra Dourada nesta última quinta-feira (29) pensava em um placar tão elástico. Com uma exibição de gala no primeiro tempo, o Goiás conseguiu vencer o Paraná Clube por 4x0 e finalmente conseguiu uma folga na briga contra o rebaixamento, além de conseguir duas vitórias consecutivas pela 3ª vez na temporada. Agora, o clube se encontra na provisória 12ª posição (já que a rodada ainda não terminou), mas isso não tira o ânimo e empolgação do elenco, que já começa a olhar para a parte de cima da tabela e demonstrar visíveis sinais de mudança dentro de campo.

Léo Lima comemorando o 3º gol abraçado com o grupo
foto: globoesporte.com
Se eu pudesse definir o primeiro tempo do Goiás com uma palavra, certamente ela seria Léo. Sim leitor, não ache estranho, mas esse nome que pertence ao nosso "trio" de Leonardos define nossa atuação perfeitamente e ganha de qualquer adjetivo nesse caso. O jogo começou com um susto do Paraná aos 10 minutos, já que a cabeçada de Fernando Karanga parou na defesa dificílima de Márcio. Após essa chance perdida, o Goiás dominou a posse de bola e, com ela, o jogo.

Voltando a falar dos Leonardos, o primeiro que venho a destacar é Léo Gamalho. Que fase vive nosso centro-avante. Apenas três jogos como titular, outros quatro entrando no decorrer das partidas e já são 6 gols na conta dele. Juninho levantou a bola na área aos 13 minutos e lá estava ele para escorar de cabeça, abrir o placar e deixar Marcos sem reação. O Goiás continuava pressionando no meio-campo e agora quem se destacava era Léo Sena. Cada vez mais o garoto vem se soltando durante os jogos, demonstrando uma habilidade e visão tática excelentes. Foi ele quem roubou a bola do volante paranaense e deixou Léo Lima cruzar para Rossi ampliar a vantagem, 2x0 Goiás.

Léo Sena e Léo Lima comemorando após o gol de Rossi
Com o segundo gol na conta, a torcida deixou a apreensão de lado e o time se soltou em campo. Léo Lima e Léo Sena criaram mais duas chances perigosas, mostrando que o entrosamento está em dia e o esquema 4-2-3-1 está encaixando muito bem. Em uma das jogadas, Sena deixou a bola com Juninho, que achou Léo Gamalho no meio da área para fazer o "pivô" e rolar para o nosso capitão contar com a sorte (a bola bateu na trave e ainda nas costas de Marcos) e marcar o 3º para o esmeraldino.

O torcedor mal havia se acomodado nas arquibancadas quando Rossi achou novamente Léo Gamalho, que mandou a bola de novo para o fundo das redes em uma cabeçada fulminante. Fim de um primeiro tempo de luxo, Goiás aplicando um sonoro 4x0 e o Serra Dourada estava em festa.

Não há muito o que falar de um segundo tempo em que apenas administramos a vitória. Passando alguns sustos e apenas deixo como observação a boa atuação do volante William, que provavelmente será o substituto de Adriano contra o Avaí. Pela primeira vez o Goiás demonstrou um espírito de união, é com esse espírito de equipe que vamos sair dessa situação no futuro. Não podemos deixar a empolgação dos bons resultados subir a cabeça, resta agora manter os pés no chão e pensar em um jogo por vez. Se fizermos nossa parte e mantivermos essa união do elenco, não será fácil, mas os resultados vão aparecer.


Artur Pinheiro  ll https://www.facebook.com/artur.pinheiro.92

Linha de Fundo ll @SiteLF 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.