Header Ads

CRB e a vitória por 2 a 1, um namoro sem fim

Aquele que estava com as asas feridas agora volta a voar. O Galo conseguiu a virada diante do Bragantino, em São Paulo, em uma partida cheia de falhas individuais e que teve um jogador que aproveitou suas chances para definir a partida.

Logo no primeiro minuto da partida, após bobeira de Adalberto, Juliano derrubou o atacante Rafael Grampola na área e o árbitro marcou pênalti. Bruno Pacheco foi para a cobrança e isolou, perdendo uma grande oportunidade. Após perder várias chances, o Bragantino chegou ao gol aos 32 minutos, quando André Rocha cruzou e Watson foi mais rápido que Marcos Martins, cabeceando para o fundo do gol. Bragantino 1 a 0.



Foto: Reprodução/Premiere
A reação não demorou muito. Aos 35 minutos, Marcos Martins recebeu na direita e, como se tivesse jogado a bola com as mãos, achou Galdezani, o volante mergulhou e cabeceou para empatar a partida. 1 a 1. No minuto seguinte, Luidy recebeu passe de Marcos Martins, devolveu e viu o lateral direito bater cruzado para virar o confronto com estilo. 2 a 1 para o CRB. 

Realmente, o lateral regatiano foi do inferno aos céus. Da falha defensiva, que fez com que o Bragantino chegasse perdo da meta do CRB, o lateral se redimiu e acabou participando dos dois gols da virada regatiana.


No segundo tempo, Juliano teve bastante destaque, efetuando várias defesas. Com a entrada de Marcão na equipe adversária, o arqueiro regatiano precisou que trabalhar e os zagueiros também. Marcos saiu aos 2 minutos do segundo tempo por conta de uma lesão e deu lugar a Bocão. Aos 17', Mazola foi expulso por reclamação necessária, já que o árbitro errou ao marcar falta por um recuo que não houve dos jogadores do CRB com o goleiro. Brigatti ficou na beira do gramado e o treinador teve de sair. O auxiliar ainda colocou Geandro e Róger Gaúcho em campo nos lugares de Galdezani e Luidy.


Próximo compromisso


Agora o Galo volta para casa e enfrenta o Atlético Goianiense na terça-feira, às 20h30, no Estádio Rei Pelé. O jogo será válido pela 29ª rodada e o CRB precisa quebrar um tabu incômodo de três jogos sem vitória em seus domínios. Com o resultado, o Galo quebrou um tabu de cinco jogos seguidos sem vitória, a última sendo contra o Oeste na 22ª rodada.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.