Header Ads

Ceará bate o Joinville e volta a vencer na Série B

(Foto: JL Rosa / Diario do Nordeste)
"Ufa". Foi isso que os torcedores alvinegros disseram após o término da partida de ontem na Arena Castelão, quando o Ceará, depois de uma sequência de 11 resultados ingratos, enfim fez as pazes com as vitórias.

Jogando em seus domínios, o Vozão tratou logo de mostrar que estava disposto a vencer a partida. Aos dois minutos, Wescley chutou de fora da área e quase abriu o marcador. Seis minutos depois, Diego Felipe, em uma bela cabeçada, obrigou o goleiro Jhonatan a fazer uma importante defesa. Pressionado, o Joinville foi ao ataque e teve a sua melhor chance na primeira etapa desperdiçada por Tinga, o camisa 10 do Coelho finalizou colocado, mas Thiago Cametá salvou a meta alvinegra tirando a bola em cima da linha.

Como no futebol existe aquela célebre frase: 'Quem não faz, leva'', o Ceará marcou aos 34 minutos, depois de uma cobrança de escanteio, Charles mesmo caído conseguiu passar a bola para Wescley, que na pequena área fuzilou as redes catarinenses. E no último lance da primeira etapa, Richardson chutou e segundo o arbitro paulista, Vinicius Gonçalves Dias, a bola desviou no braço do zagueiro adversário, pênalti que Bill converteu.
Wescley comemorando o primeiro gol do Ceará (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)
Mais tranquilo na partida, o Vozão tentou administrar o resultado. O jogo ficou sem muitas emoções, até que após um cruzamento vindo da direita, Jael cabeceou sozinho e a bola explodiu no travessão. Aos 24 minutos o zagueiro Everton Pascoa desviou e mandou contra a sua meta, após o gol do JEC, Felipe fez falta, levou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Ceará com 10 jogadores em campo.

Mesmo com a vantagem numérica, o Joinville pouco assustou o goleiro Everson e quando o juiz apitou o final da partida, a gandaia alvinegra enfim pode comemorar a conquista dos três pontos. Um resultado importante para os jogadores que antes eram pressionados pela sequência de maus resultados e agora tem um pouco mais de tranquilidade para trabalhar, além de ter garantido a permanência do treinador Sérgio Soares, que poderia sair, caso o resultado fosse adverso.

O Ceará hoje 10º colocado volta a campo no próximo sábado as 16:30 contra o Oeste na Arena Barueri, para esse jogo até então apenas um desfalque, Felipe que estará suspenso.

PONTO POSITIVO: Voltar a vencer, esses 11 jogos sem vitorias estavam acabando com a paz dos jogadores e principalmente com as dos torcedores.

PONTO NEGATIVO: Felipe, mais uma vez discreto, pouco produziu e ainda foi expulso.

FICHA TÉCNICA

Ceará 2 x 1 Joinville

CEA: Everson, Thiago Cametá, Charles, Everton Pascoa, Eduardo (Thalysson), Diego Felipe, Richardson, Wescley, Felipe, Lêlê (Serginho) e Bill (Ciel). T: Sérgio Soares.

JEC: Jhonatan, Reginaldo, Rafael Donato, Ligger, Fernandinho, Naldo, Paulinho Dias (Fernando Viana), Tinga, Claudinho (Bruno Farias), Jael e Erick Luis (Giva). T: Ramon Menezes.

Local: Arena Castelão, Fortaleza/CE;
Publico: 7.522 pagantes;
Renda: R$ 50.855,00;
Arbitro: Vinicius Gonçalves Dias/SP;
Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura/SP e Leandro Feitosa/SP.
Gols: CEA: Wescley (34/1ºT) e Bill (45/1ºT); Everton Pascoa (contra, 24/2ºT);
Cartões Amarelos: CEA: Richardson e Felipe; JEC: Tinga e Rafael Donato.
Cartões Vermelhos: CEA: Felipe.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.