Header Ads

Em jogo de poucas oportunidades, Sampaio empata com Brasil-RS, em Pelotas

Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B o Brasil de Pelotas recebeu o Sampaio Corrêa, no Estádio Bento de Freitas, às 21h30 de ontem (04). O Tubarão, enfim, voltou a campo, já que na rodada anterior não jogou por conta do adiamento da partida contra o Vila Nova para do dia 25 do mês corrente. O resultado não agradou a ambos, um gol para cada lado.

Brasil de Pelotas e Sampaio empatam no Bento de Freitas (Foto: Carlos Isaurriaga/GEB).



A partida nem bem começou e a rede já balançou. Aos 2 minutos, Marmentini carregou a bola pelo meio de campo, avançou com facilidade entre os marcadores e tocou para Lucas Sotero, que limpou a jogada e da entrada da área acertou um belo chute. A bola bateu no travessão e morreu no fundo do barbante. Golaço!

O time da casa teve a sua primeira chance logo depois, aos 4. Após bate e rebate na área, a bola sobrou nos pés do artilheiro Felipe Garcia, que chutou no centro do gol para a defesa em dois tempos de Rodrigo Ramos.

O gol de empate do Brasil saiu aos 8 minutos. Em contra-ataque, Diogo Oliveira fez ótimo passe para Ramon na direita. Ele entrou na área, sob frágil marcação, e finalizou no canto direito do goleiro boliviano para igualar o marcador.

O Sampaio voltou a levar perigo dois minutos após sofrer o empate. Em cobrança de falta, Diego Lorenzi levantou a bola na área e Wágner Fogolari cabeceou com perigo, mas Eduardo Martini defendeu com segurança. Aos 28 minutos, quase o tricolor maranhense ficou à frente do placar novamente com Thiago Santos. Após receber lançamento de Marmentini dentro da área, o centroavante cabeceou no canto direito do goleiro adversário, que fez ótima defesa e na sobra o mesmo Thiago chutou a bola na trave, desperdiçando uma ótima chance.

Assim como no primeiro tempo, o Sampaio começou a segunda etapa partindo para o ataque, pois precisava da vitória. Aos 2 minutos, Hiltinho encontrou espaço e arriscou um chute da intermediária, passando ao lado do gol, sem susto. Hiltinho voltou a aparecer aos 5 minutos, quando chutou colocado da entrada da área para a ótima defesa de Eduardo Martini.

O segundo tempo se resumiu a isso. O Brasil ainda tentou pressionar no fim do jogo, mas abusou das bolas alçadas à área. No primeiro tempo, o tricolor errou muito na saída de jogo e rifou muita bola, pois o Xavante avançou as suas linhas e marcava no campo do adversário. O lado esquerdo mais uma vez foi o ponto fraco da Bolívia Querida, com Héverton alternando entre a zaga e a lateral, sendo facilmente vencido em vários lances, inclusive no lance do gol do time da casa. Lucas Sotero fechou o flanco esquerdo diversas vezes, auxiliando o zagueiro/lateral na marcação. O Sampaio segurou bem o resultado, mas foi pouco para a situação da tabela. Em geral, os dois times criaram pouco e o empate acabou sendo justo.

Com o resultado, o time Xavante não conseguiu colar no G4 e a Bolívia Querida não aproveitou as derrotas dos seus adversários (Tupi, Joinville, Bragantino e Oeste) na luta contra o rebaixamento. O Sampaio Corrêa continua na lanterna com 22 pontos, conforme a tabela abaixo:












O Tubarão volta a campo no próximo Sábado (8), às 16h, contra o Luverdense, no Estádio Castelão, em São Luís (MA).

FICHA DO JOGO:
Local: Estádio Bento de Freitas, Pelotas (RS)
Data: 04 de Outubro de 2016, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Cartões amarelos: Leandro Camilo (Brasil); Éder Sciola (Sampaio Corrêa)
Gols: Ramon, aos 8’ 1º T (Brasil); Lucas Sotero, aos 2’ 1º T (Sampaio Corrêa)
Brasil-RS: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Eduardo Brock; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Clébson), Elias (Gustavo Papa) e Felipe Garcia; Ramon (Jonatas Belusso). Técnico: Rogério Zimmermann

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Wágner Fogolari, Luiz Otávio e Héverton; Diogo Orlando, Diego Lorenzi, Lucas Sotero (Tássio) e Gustavo Marmentini; Hiltinho (Henrique) e Thiago Santos (Felipe Paulista). Técnico: Flávio Araújo

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.