Header Ads

Na marra! Em jogo difícil, Liverpool consegue virada no País de Gales

Jogando fora de casa, o Liverpool enfrentou o Swansea nesse sábado (01). O time de Jürgen Klopp enfrentou muitas dificuldades, mas foi valente, e após sair perdendo, conseguiu a virada na marra e saiu de campo com os três pontos ganhos.

Jogadores comemoram gol de empate do Liverpool (Foto: James Caroll)
O time de casa fez valer o mando e começou em cima. A dupla de zaga Red, formada por Matip e Lovren, foi muito deficiente no jogo aéreo e, aos 7’, Fer abriu o placar após cobrança de escanteio, 1 a 0 Swansea. 

Mesmo em desvantagem no placar, o Liverpool só começou a dominar o jogo a partir da segunda metade do primeiro tempo, tendo mais a bola e se mantendo no campo de ataque trocando passes, mas não conseguia traduzir essa superioridade em chances de gol. A saída forçada de Lallana, que sentiu e deu lugar a Sturridge ainda no primeiro tempo, parece ter sido um dos fatores para a ineficiência ofensiva do time. O meia, que vem jogando muito nessa temporada, foi eleito pelos torcedores como o melhor jogador do mês de setembro. 


As tabelas saíam mas sempre havia o erro no último passe, Lallana tem como principal característica a movimentação e no jogo de hoje seria fundamental para abrir os espaços e ser sempre uma opção para o passe, o que facilitaria em muito a criação de jogadas efetivamente perigosas. Confesso que fiquei muito curioso pra saber qual o método utilizado por Jürgen Klopp no intervalo, mas o fato é que o time voltou completamente renovado para a segunda etapa, cheio de gás e disposição. As chances agora resultavam em finalizações e finalmente Fabianski tinha que trabalhar. 

Aos 8’, após levantamento de Henderson, Firmino apareceu livre na área e de cabeça empatou o jogo. Manè, que no primeiro tempo destacou-se por chamar a responsabilidade em muitos lances, continuou indo pra cima e sendo um dos principais jogadores do time, com muito sucesso nas jogadas individuais. Wijnaldum passou a jogar mais à frente e pôde contribuir com a criação de várias jogadas. Coutinho levava perigo em chutes de fora. Milner e Clyne destacaram-se pela entrega. 



Os Reds conseguiram a virada com Milner e contribuição de Firmino (Foto: Action Images)
Mas quem estava predestinado a ser decisivo era mesmo Roberto Firmino, que após lambança de Barrow, aproveitou para ficar com a bola na área, e quando preparava-se para finalizar, foi empurrado por trás e o juiz corretamente assinalou o pênalti. Milner foi pra cobrança e virou o jogo aos 38 minutos.

O time ganhou na raça, na marra, na vontade. Apesar de dominar a maior parte da partida, parecia que hoje não era o dia, ainda assim, a equipe se manteve firme até conseguir o resultado. Deve-se falar a respeito da zaga, que deixou a desejar em muitos momentos, principalmente por falhas de Lovren e Karius, goleiro que ainda não passa segurança a nós torcedores. Com a vitória, o Liverpool ocupa, pelo menos até o domingo, a segunda posição da tabela. Na próxima rodada da Premier League, o jogo é contra o maior rival, United, em Anfield, espera-se que o bom momento seja um fator de motivação e faça com que a evolução continue.  

Caio Semblano | @caiosemblano 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.