Header Ads

A Premier League voltou... O Stoke City não.

Com o fim da Data FIFA, a Premier League voltou mais agitada do que nunca. O Stoke City enfrentou o Bournemouth no último sábado (19) e, em pleno Britannia Stadium, o resultado foi muito diferente do esperado. Uma derrota frustante em casa, dano fim a uma boa sequência positiva dos Potters, no jogo foi válido pela 12ª rodada.

Shaqiri se lamentando pela chance perdida (Foto:SkySports)

Mark Hughs foi forçado a mexer no seu meio de campo, já que Gleen Whelan acabou se machucando dias antes do jogo, o técnico gales optou por recuar Joe Allen que é volante de origem para poder jogar ao lado de Charlie Adam e formar a dupla de volantes. Allen estava improvisado como meia atacante e  vinha fazendo muito bem esse papel, ajudando o ataque com assistências e até mesmo com gols decisivos.
Para formar o trio de meias ataques, Hughs optou por dar uma sequência ao sérvio Bojan KrKic, que no último jogo acabou marcando o gol de empate do Stoke City. Bojan sofreu com algumas lesões nesse campeonato, mas parece que finalmente está recuperado e pronto para poder brigar pela posição.

DISTRIBUIÇÃO TÁTICA

Stoke City v Bournemouth
(Foto:theguardian)

No começo do jogo, tudo estava indo conforme o roteiro. Stoke City pressionou muito o Bournemouth que como todos já sabiam,  optou por jogar nos contra-ataques. Apesar das primeiras chances serem dos Potters, com chutes certeiros em direção ao gol, o goleiro Federic trabalhou muito durante a partida.

O ápice deste início foi em um lance aos 10 minutos, quando o atacante do time visitante, Wilson, recebeu uma ótima bola na entrada da área, Shawcross tentou roubar a bola com um carrinho dentro da área e o defensor cometeu a falta dentro da área, mas o juiz  Roger East optou por dar continuidade na jogada, no que seria pênalti.

Assista ao gol da vitória do Bournemouth sobre o Stoke City por 1 a 0
Nathan Aké abrindo o placar (Foto: ESPN)

O Stoke City chutou mais vezes ao gol, mas o Bournemouth foi mais eficiente nas poucas chances criadas. Aos 25', o time visitante aproveitou uma falta ao seu favor, Stanislas cruzou a bola para dentro da área, o defensor Aké subiu mais do que toda a zaga adversária e, no meio de quatro marcadores, conseguiu cabecear a bola em direção ao gol, abrindo o placar.

Ainda no primeiro tempo, o Stoke City não se encontrou em campo e os seus três meias atacantes, que foram os seus destaques no campeonato até aqui, não fizeram um boa partida. Allen, por exemplo, ficou mais preso na marcação e foi advertido com um cartão amarelo antes do intervalo.

Bojan missed a penalty for Stoke, hitting the bar after a Simon Francis foul
Bojan na cobrança de pênalti (Foto:TheMirror)

O segundo tempo começou mais movimentado e com uma boa chance de empate. Logo aos 47', Adam cruzou uma bola na área, Bony se antecipou e cabeceou em direção ao gol, mas Federic fez valer o seu ótimo reflexo e rebatou a bola para o lado. Na sobra, Francis chegou forte dentro da área e cometeu a falta em Bojan. O juiz marcou pênalti e gerou revolta para o time visitante. Bojan pegou a bola e decidiu bater, o atacante parou..encarou o goleiro e bateu a cobrança firme, mas o dia realmente não era dos Potters , a bola explodiu no travessão.

Logo após a cobrança de pênalti, Mark Hughs optou por fazer duas alterações, promovendo as entradas de Johnson e Crouch, para poder dar um novo fôlego nos contra-ataques e ter uma ótima opção de jogadas áreas.

O placar negativo prevaleceu e o time da casa não conseguiu fazer o que todos esperavam. Uma surpresa no final do jogo, foi o Bournemouth buscando ampliar o placar e matar o jogo. Aos 89', no contra-ataque, Afobe recebeu uma bola pela lateral do campo e cadenciou a jogada esperando os seus companheiros chegarem no ataque. Com um drible seco, deslocou o marcado e rolou para a entrada da área, Wilshere dominou e chutou forte em direção ao gol, mas a bola parou na trave.

Em vista do que foi o jogo, a derrota foi merecida, já que Mark Hughs acabou optando por testar peças novas em um momento que não podia. Com o resultado negativo, o time de Stoke-on-Trent mantém seus 13 pontos, mas cai para a 13ª posição. Na próxima rodada, os Potters irão viajar até a cidade de Watford, para enfrentar o time local. O estádio de Vicarage Road traz ótimas lembranças, já que o último confronto foi positivo, todos esperamos que essa história se repita e que finalmente o Stoke City se reencontre depois desse recesso.

COME ON POTTERS!

Por: Yuri Ramos || Twitter: @yuriramosq

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.