Header Ads

Em dia de Halloween, Bony fez valer a lei do "Ex"

No retorno ao Britania Stadium, o Stoke City recebeu o time de Swansea na segunda feira passada (31). Em pleno dia de Helloween, o jogo foi válido pela 10º rodada da Premier League. O elenco dos Potters parece que finalmente entendeu que atualmente estão fazendo um campeonato a parte, jogo a jogo o time ao todo vem mostrando evolução, mas uma peça parecia que não se encaixava ali. Wilfriend Bony que ainda não havia marcado no ano de 2016, fez valer a ex do "EX" e encerrou o jejum dando a vitória ao time da casa.

Torcedor comemorando o Halloween (Foto:TheSun)
Depois de um começo de temporada turbulento, com muitas decepções, derrotas e goleadas, devemos reconhecer o trabalho de Mark Hulghs. O manager galês conseguiu achar a formação ideal para o time, distribuiu muito bem as peças defensivamente e ofensivamente. Fez valer o seu insistente 4-5-1, porém o seu contemporâneo, Joe Allen também tem feito a diferença, o barbudo tem vivido a sua melhor fase, com gols e inúmeras assistências.

DISTRIBUIÇÃO TÁTICA

Stoke City v Swansea City
(Foto:theguardian)
O Stoke City fez valer o fator casa e começou o jogo muito bem, pressionando a saída de bola adversária e forçando logo um erro gritante bem no começo do jogo que concedeu o primeiro escanteio. Aos 2 minutos, Shaqiri cobrou escanteio pelo lado direito do campo em direção à área, a zaga do Swansea acabou rebatendo a bola para o alto, Allen aproveitou a sobra e chutou cruzado de primeira em direção ao gol, Wilfriend Bony esticou o pé na trajetória da bola e empurrou a pelota para dentro das redes abrindo o placar no Britania Stadium.
                              
Bony abrindo o placar (Foto:Themirror)
Aos 7 minutos veio à resposta do time visitante, em uma jogada que Sigurdsson recebeu na entrada da área, adiantou um pouco a jogada e cruzou em direção ao gol, Bardsley não conseguiu acompanhar o atacante Routledge que subiu e testou a bola em direção ao gol de Grant, que nada pode fazer. Empatando a partida em 1x1.

Routledge empantando a partida (Foto:Theguardian)
Aos 22 minutos, Arnautovic recebeu uma bola pelo alto na lateral do campo, dominou e tocou para trás, Charlie Adam chutou de primeira em direção ao gol, mas acertou a trave.

Ainda no primeiro tempo, aos 28 minutos Mark Hulghs teve uma enorme dor de cabeça, Shaqiri que levou uma pancada forte bem no começo do jogo, acabou reclamando e pediu para sair, Ramadan Sobhi foi o escolhido para completar a trinca dos três meias atacantes.

O time da casa continuou atacando, os jogadores pareciam querer a vitória de qualquer jeito e disputaram todos os espaços pelo campo.

Aos 33 minutos, Ramadan teve a sua primeira participação no jogo, o jovem cruzou pelo alto uma bola para Wilfriend Bony que dominou mal, a zaga do Swanse se atrapalhou em seguida e a bola sobrou para Charlie Adam que bateu de chapa na bola em direção ao gol, mas novamente acertou a trave.

Adam lamentando a chance perdida (Foto:Espn)
Aos 37 minutos em um contra ataque para os Potters, Joe Allen recebeu uma bola no meio de campo e deu continuidade ao lance, em uma bela jogada tocou para dentro da área e achou Arnautovic livre, o austríaco camisa 10 driblou o goleiro, mas o chute saiu errado e a bola acabou parando na trave.

Mark Hulghs não acreditou em mais um gol perdido pelos seus jogadores e ficou desolado na área técnica esperando o fim do primeiro tempo.

O segundo tempo começou sem nenhuma alteração de ambos os lados, mas pelo jeito que Stoke voltou para o jogo, parece que Hulghs cobrou mais objetividade nas finalizações.

Aos 55 minutos, Ramadan que participou de poucas jogadas no primeiro tempo, recebeu uma bola pela lateral do campo, o jovem que é considerado uma revelação para muitos encarou dois defensores, puxou bola para a sua canhota e chutou cruzado em direção ao gol, o jovem zagueiro do Swansea, Alfie Maws se precipitou na jogada e chutou errado em direção ao próprio gol, ampliando o placar para os adversários.

Infelicidade do zagueiro Alfie Maws (Foto:Theguardian) 
Logo depois de sofrer o gol, o técnico Bob Bradley buscou manter o equilíbrio no ataque, trocou um atacante por outro, Saiu Barrow e entrou Borja Baston. Diante das alterações, o time que buscou mais o ataque foi o Stoke City, sempre tentando ganhar a segunda bola.

Aos 72 minutos, Arnautovic recebeu uma bola no campo de ataque e a triangulação do Stoke funcionou muito bem, o austríaco fez uma bela finta e depois tocou de letra em direção a Allen que no primeiro momento chutou em direção ao gol, mas Fabiansk defendeu, a bola voltou com Allen que na segunda jogada tocou pelo alto para Wilfriend Bony que tocou de cabeça para dentro do gol e ampliou o placar, 3x1 para os Potters.  Vale destacar que na comemoração, Bony agradeceu a torcida pelo apoio, mas não parou de apontar para o garçom do jogo, Joe Allen, que deu a sua segunda assistência na partida para Bony.

Bony ampliando o placar (Foto: Theguardian)
A partida tomou contornos tranquilos para o árbitro Michel Oliver que não teve nenhuma dor de cabeça durante o jogo até aos 81 minutos.

Em uma jogada de ataque para o Swansea na lateral do campo, Routledge foi derrubado na linha da área, em primeiro momento o Michel Oliver marcou pênalti, mas o auxiliar o avisou que a falta foi fora da área. O que gerou uma grande discussão no jogo, o time visitante já desestabilizado e ainda prejudicado pela arbitragem nada pode fazer.

Aos 91 minutos, o Swansea conseguiu levar perigo ao gol de Grant, um escanteio a favor dos visitantes, Sigurdsson cruzou a bola em direção à área, Leroy Fer subiu mais do que a defesa e cabeceou em direção ao gol, mas a bola passou perto e Grant apenas acompanhou.

Sobre a lesão de Shaqiri, o departamento está fazendo de tudo para poder contar com o dinamarquês para o próximo jogo, infelizmente as lesões tem sido uma rotina na vida do camisa 22, mas todos estão otimistas e esperando resultados positivos.

Bony autor de 2 gols no jogo. (Foto:TheSun)
Com o resultado positivo o Stoke City chegou aos 12 pontos e assumiu a 12ª colocação, se distanciando cada vez mais do Z3, Os Potters estão há cinco jogos sem perder, com três vitórias consecutivas.

Na próxima rodada, o Stoke City irá viajar até Londres para enfrentar o West Ham, que não vive uma boa fase na Premier League, será a primeira vez que o Stoke irá jogar no estádio novo de Londres e o pensamento é de fazer história e sair de lá com mais uma vitória.

COME ON POTTERS!

Por: Yuri Ramos || Twitter: @yuriramosq

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.