Header Ads

Um lance de sorte e vitória fora de casa

No último domingo (27) , o Stoke City viajou até a cidade de Watford para enfrentar o time local em pleno estádio de Vicarage Road. O pensamento dentro do grupo era um só um: "voltar a vencer no campeonato". O último confronto entre os times, foi realizado naquele mesmo estádio, os Potters saíram com um resultado positivo, para os mais supersticiosos, a mística tinha que continuar.

Stoke celebrate victory at the end of the match
O Stoke City voltou a vencer fora de casa e subiu na tabela da Premier League (Foto: BBCSports)
Dessa vez, a missão para Mark Hughes era mais complicada, pois Joe Allen estava suspenso por ter levado o seu quinto cartão amarelo na última partida. Tirando o fato de não poder contar com um dos seus principais jogadores, o técnico galês ainda teve que lidar com as ausências do zagueiro Bardleys e do volante Whelan, ambos lesionados.

DISTRIBUIÇÃO TÁTICA

(Foto:Theguardian)

Com essas alterações forçadas, Mark Hughes optou por escalar o jovem zagueiro Muniesa e o francês Diouf, que até então nem tinha ficado no banco nos primeiros jogos. Para recompor a sua dupla de volantes, optou por Adam ao lado de Imbula, que foi a contratação mais cara do Stoke City e, até então, não teve uma sequência positiva para mostrar a que veio. Outro destaque foi a escolha do veterano Walters para poder fazer o papel de "falso-nove", deixando o novato Bony no banco. Mas a principal surpresa ficou por conta de Bojan, que foi para o banco depois da péssima partida no jogo passado, desperdiçando até um pênalti.
Adam comemorando o gol e Gomes desolado ao fundo (Foto: Themirror)
Desde os primeiros minutos, o jogo ficou marcado por poucas chances de gols, entradas desproporcionais e juiz apelando para os cartões amarelos, o que iria acontecer durante toda a partidaO único gol do jogo veio em um lance "esquisito". Aos 28', Shaqiri cruzou para área, Adam cabeceou e Gomes espalmou, só que a bola bateu na trave e rebateu no próprio goleiro, antes de entrar. A Premier League considerou gol contra do brasileiro.

No decorrer do primeiro tempo, o Watford não teve poder de reação e levou pouco perigo ao gol de Stoke City, que não sofreu pressão em momento algum. Só na primeira parte do jogo, foram marcadas 18 faltas e distribuídos 3 cartões amarelos, todos para a equipe da casa. O placar de 1 a 0 prevaleceu.

Na etapa complementar, o Stoke City seguiu dominando o meio de campo e teve superioridade na posse de bola, mas não conseguiu matar a partida. A vitória já parecia definida, quando o adversário teve um jogador expulso e Britos deixou o campo devido ao excesso de faltas no jogo, aos 88 minutos. Após o lance, os visitantes já se encontravam com o jogo na mão, mas o destaque ficou por conta de uma jogada de Shaqiri e a vantagem não foi ampliada.

Com o apito final, o jogo se tornou o mais faltoso da Premier League 2016/17 até aqui, tendo 38 faltas ao todo. O time visitante festejou por conseguir voltar a vencer no campeonato, ocupando agora a 11ª posição. Na próxima rodada, os Potters voltam para os seus domínios e enfrentarão o Burnley, no Britannia Stadium.

COME ON POTTERS!

"Por fim queria destacar a tragédia que aconteceu no dia 29/11/2016 com os integrantes do elenco e da comissão técnica da Associação Chapecoense de Futebol que comoveu o mundo inteiro. Eu, como colunista do Linha de Fundo, me sinto na obrigação de tentar expressar o que eu estou sentindo, mesmo sabendo que é impossível. Uma enorme tristeza seguida de um vazio, meus sentimentos aos familiares, vocês não estão sozinhos, todos os participantes do Linha de Fundo estão com vocês"  ForçaChape!




Por: Yuri Ramos || Twitter: @yuriramosq

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.