Header Ads

Cruzeiro vence briga na Justiça contra Riascos

Foto: Google Imagens
Após meses com uma batalha na Justiça, a novela Cruzeiro x Riascos finalmente terminou, o valor que era de R$3,2 milhões, foi diminuído para R$2,262 milhões, o atleta será obrigado a pagar o montante caso queira deixar a equipe mineira.

A decisão foi tomada hoje pelo ministro Ives Grandra, no começo da noite no Tribunal Superior do Trabalho, em Belo Horizonte, sem nenhuma chance de recurso.

Agora, se ele quiser sair do clube, vai ter que depositar essa caução", Matheus Côrrea da Veiga, um dos advogados do Cruzeiro na ação.

Na semana passada, as partes se reuniram para uma tentativa de conciliação no TST, mas nada havia sido decidido naquele momento.

O jogador colombiano está afastado do Cruzeiro desde julho de 2016, logo após entrevista polêmica contra o Fluminense, em agosto, o atleta ajuizou uma ação pedindo a rescisão de contrato com o Cruzeiro, sua alegação foi que “estava sendo impedido de prosseguir com o exercício de suas atividades profissionais”, contudo, seu pedido foi recusado na 27ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

Não satisfeito, Riascos requereu um mandado de segurança contra o ato do juiz, uma liminar no TRT-MG determinou que o Cruzeiro desse um atestado liberatório ao jogador, mas o time que viesse a contratá-lo teria que pagar a quantia de R$3,2 milhões ao Cruzeiro. Com essa decisão, o atleta fez um pedido de habeas corpus para poder jogar em outro clube sem precisar realizar o depósito, que também foi negado.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.