Header Ads

O 2016 do Inter de Lages: Ano histórico para o Colorado de Santa Catarina

2016 foi um ano prestigiado para o Colorado da Serra Catarinense. Sua primeira participação da história na Copa do Brasil e no Campeonato Catarinense, a classificação parecia ótima para o Inter de Lages, porém só parecia mesmo.


Reprodução Twitter Inter de Lages
Campeonato Catarinense

O Inter que fez belas atuações nos jogos de pré-temporada contra Glória-RS, Figueirense e Avaí, fez um ótimo primeiro turno, mas decepcionou no segundo. Mesmo assim, em teoria, tinha feito um bom Catarinense. Isso, até o momento que declararam a Chapecoense como campeão da Sul-Americana, assim abrindo uma vaga para um time catarinense na Copa do Brasil 2017. E a equipe que se classificou foi o Brusque, sendo que o Inter de Lages ficou a apenas um ponto de diferença para o Brusque. O Catarinense foi bom, mas poderia ter sido ótimo.

Série D

O Inter montou um time de bons jogadores. Neto Volpi no gol, Marcelinho Paraíba comandando o meio-campo, no ataque os jovens Júlio César melhor jogador do Inter de Lages na Série D e Gustavo em ótima fase e marcando vários gols.

Enfrentou Linense, São Paulo-RS e PSTC-PR na fase de grupos. No primeiro turno o time jogou mal, fazendo apenas um ponto em três jogos. No segundo turno o time deslanchou e se classificou em primeiro do grupo com um gol de falta de Marcelinho nos últimos minutos contra o Linense em Lins.

Na primeira fase pegou o Caxias, time gaúcho e tradicional. Mas surpreendentemente, passou de fase com facilidade fazendo 2x1 em Caxias e um 0-0 em Lages. O jogo em Caxias foi a melhor apresentação do time na Série D e uma das melhores do ano, juntamente com o 3x0 em cima do Criciúma no Catarinense.

Jogo contra o Ituano

Quis fazer um texto especial para essa partida. Em uma segunda-feira com chuva e meu pai hospitalizado fui ao jogo. E começou muito mal. O Inter entrou dormindo em campo e levou de cara 2x0 com dois golaços do Ituano. E então a estrela de Marcelinho Paraíba juntamente com Petterson brilhou. Dois cruzamentos de Marcelinho para dois gols do zagueiro. E Gustavo marcou a virada para 3x2. O erro do Inter foi nesse momento. Ao invés de recuar Waguinho deixou o time livre em campo, podendo atacar quando quiser. E nisso o Ituano controlou completamente o jogo e venceu surpreendentemente por 5x3. E então teve o segundo jogo em Itu. Depois da horrível atuação em Lages, se esperava mais uma goleada do Ituano. Mas foi diferente a partida. Com bola na trave e tudo mais, o Inter venceu por 1x0. Deixando a competição com seus altos e baixos, mas deixando a desejar com certeza.

Foto: Nilton Wolff / Inter de Lages Oficial
Copa do Brasil

O Inter de Lages pegou o time mais forte que podia pegar, o Sampaio Corrêa. Era esperada a eliminação na primeira fase. O primeiro jogo em Lages foi um controle total da 'Bolívia Querida'. O time de Petkovic estava bem entrosado e marcou dois gols, eliminando o jogo de volta. Porém aos 41'/2T, Romarinho marcou, dando a esperança de haver o segundo jogo. Na segunda partida, o Inter de Lages venceu por 1x0. Placar que foi inútil e o Inter acabou sendo eliminado da sua primeira participação na Copa do Brasil.

Em 2017 se espera muito do Inter de Lages. Tem calendário o ano todo e terá que montar um time competitivo. Porém, até agora, o planejamento está sendo às cegas. Torcedores não sabem quem serão os atletas e nem técnico. O que nos resta é esperar para saber como será o 2017 do Leão Baio.

Wilson Manoel || @leaobaiodepre
Linha de Fundo || @SiteLF 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.