Header Ads

Quem falar que o golaço de Mkhitaryan estava impedido é clubista

Que gol foi esse? (Getty Images) 
E digo mais, o Manchester foi mais uma vez muito prejudicado pela arbitragem tendenciosa, deve ter dinheiro russo por trás disso. Agora falando sério, mais uma vez dominamos o jogo, o meio campo seguro e criando muitas oportunidades. Mérito para Carrick, que trouxe um equilíbrio emocional à equipe, sem loucuras e com muita tranquilidade ele vai dando condições para Herrera e Pogba jogarem livres de pressão e com isso o time vai cada vez melhor. Assim como vinho, Carrick vai melhorando com os anos que passam.

Se Carrick toma conta silenciosamente do time não podemos falar o mesmo do nosso viking, Ibra. Ele vem dominando nossa dianteira e não dá brecha para ninguém. São 11 gols nos últimos dez jogos, com três assistências e também por três vezes o melhor em campo. Cada vez mais, o Manchester vai ficando com a cara de Ibra, uma arrogância legal de quem sabe que é um dos melhores do mundo e deixa esse personagem crescer, no último dia do ano Ibra pode ultrapassar Messi como maior goleador do ano, Messi tem 51 gols e nosso camisa 9 tem 50, pra cima deles Zlatan!

O Viking saiu na caça do pequeno argentino pela artilharia de 2016, só um gol os separa. (Getty Images)

É verdade que o gol do Sunderland de Borini foi um golaço, mas esse tipo de bate-rebate na nossa área não é aceitável. Logicamente esse gol vai para conta de Fellaini, que entrou em campo e pra variar tomamos um gol. Ele pode até não participar do lance, mas sua presença em campo já dá vantagem ao adversário, já virou folclore. Vou acabar comprando uma camisa dele!

A equipe está muito consistente e nesse jogo Blind foi premiado com um gol. (Getty Images)
Que gol foi aquele de Mkhitaryan, e nem me venham falar de impedimento, o gol foi lindo! Puskas nele, ou melhor, acho que deveria trocar o nome do troféu de gol mais bonito para “Prêmio Mkhitaryan”, que Puskas que nada. Muito parecido com um gol de Zico na época do Kashima, é o tipo de gol que vai ser lembrado por muitos e muitos anos.

No último dia do ano, enfrentaremos o Middlesbrough, no Teatro dos Sonhos. Olhando a tabela, parece um jogo fácil, mas se tratando de Premier League a gente já sabe né.

Até a próxima e Glory Glory Manchester United! (algumas pessoas me perguntaram o significado do GGMU, por isso, hoje vai sem ser abreviado).

2 comentários:

  1. Clubista !! nem de longe tem isso aqui kkkk
    Agora meu preciso colunista . como vc aponta é nitido como o rendimento tem melhorado...sem ser clubista...ainda dá pro título ?

    ResponderExcluir
  2. É difícil, o Manchester vem numa melhora constante mas o Chelsea não está dando chance. O resultado só ao final da rodada 38.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.