Header Ads

Unanimidades #38 - Uma pequena homenagem a um gigante

A palavra Unanimidade tem um significado na língua portuguesa que deriva da noção de conformidade, de comum acordo. Sua origem, contudo, é ainda mais antiga, remonta do grego (homothumadon) com um significado talvez mais poderoso:  Estar juntos em uma só mente e uma só paixão. Ou seja, a palavra Unanimidade está muito além do ato de todas as partes de uma discussão concordarem em um ponto, a palavra transcende essa noção, alcançando algo próximo da sinergia de vontades, do querer. Algo que exemplifica e sintetiza a humanidade, pelo menos o lado bom dela.


Certamente o nosso amigo Marcelo Weber, quando teve a ideia da criação deste quadro para o Cartola e do seu batismo (Unanimidades), certamente não pensou em algo tão profundo para a brincadeira nossa de todos os finais de semana que é o Cartola (Quais os três jogadores que não podem faltar no seu time? Quais deles todos nós amantes do futebol concordamos em escalar?), contudo, nessa última semana o time do Marcelo, a Chape, através de sua lenda, de sua epopeia ao firmamento, conseguiu dar ao futebol brasileiro um sentido de união em torno de uma só vontade, um só valor nunca antes visto, nunca antes sentido. O Brasil tornou-se uma Unanimidade em torno do verde da Chape e sobretudo da esperança.

Desse modo, peço licença aos mitos do Cartola (Gabriel Jesus, Marinho, De Arrascaeta, Diego Souza, Robinho, Diego, Guerrero, Ricardo Oliveira, Vitor Bueno, entre tantos), para uma homenagem aos que foram, e ao que fica. Excepcionalmente hoje traremos quatro nomes, quatro unanimidades: Danilo, Cléber Santana, Bruno Rangel e nosso amigo, criador do quadro e torcedor símbolo da Chape: Marcelo Weber. 

Danilo: O paredão, o milagreiro, o mito e agora: A lenda. Danilo é o nosso primeiro destaque, com lindas defesas e um bom pegador de pênaltis, ele tinha o privilegio de ser um dos goleiros mais caros do jogo pela sua regularidade dentro de campo. Descanse em paz lenda e obrigado por tudo!


Cléber Santana: O camisa 10, o capitão e a lenda Cléber Santana comanda o meio de campo do Unanimidades de hoje. Passou por vários gigantes como São Paulo, Atlético Madrid, Flamengo, entre outros, mas hoje ele se tornou um gigante. Descanse em paz lenda e obrigado por tudo!



Bruno Rangel: Simplesmente o maior artilheiro da historia da gigante Chapecoense, o goleador comanda o ataque de hoje. Descanse em paz lenda e obrigado por tudo!



Marcelo Weber: Mais que um simples amigo, um irmão. Um dos torcedores mais fanáticos que eu já conheci sinceramente, o amor que ele tem pelo time dele não se mede. Sempre deixava bem claro o quanto ele tinha orgulho do time dele. Obrigado por tudo irmão, nós amamos você.


No geral, descansem em paz guerreiros...

@Mhfernandes89 || @gabrielcec__

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.