Header Ads

Southampton 0-5 Arsenal: Confiança para o que está por vir

Danny Welbeck eTheo Walcott: os principais nomes da vitória. (Foto: Reuters)
Vindo de uma apertada vitória contra o Burnley no último fim de semana, o Arsenal precisava de uma boa atuação para conseguir recuperar a confiança e o bem estar no clube. No caminho, o Southampton, um time que sempre complica quando joga contra nós e que já tinha nos eliminado da Capital One Cup.

Mas o Arsenal não deu aba para o azar e os fatores iniciais para isso foram Lucas Perez e Danny Welbeck, que está finalmente saudável depois de um tempo lesionado. Aos 16 minutos, o espanhol achou o "Dat Guy" que deu um lindo toque de cobertura. Aos 25, Chamberlain - que jogou como volante - lançou para o atacante inglês, que driblou o goleiro e marcou. 

Walcott comemora um dos seus gols. (Foto: Rex Features)
O jogo se tornaria fácil. Southampton não dava resposta ao Arsenal, que continuava cozinhando o jogo e jogando no ritmo que queria. Com Maitland-Niles e Chamberlain na volância, o time se tornou leve e isso acabou com o time da casa, que esperava um jogo mais pegado no meio do campo. Para completar a primeira etapa, Walcott marcou o terceiro.

Com tamanha vantagem, o segundo tempo serviria apenas para passar tempo. Walcott - com outra assistência de Chamberlain e uma de Alexis - marcaria mais dois gols para sacramentar o seu hat-trick na sua equipe formadora e selaria a nossa passagem para as oitavas de final da FA Cup. Em um jogo tranquilo, os Saints não nos complicaram como nos nossos outros encontros.

O resultado foi importante, pois dará confiança para o time que terá uma difícil sequência no mês de fevereiro: Chelsea (F), Hull City (C) e Bayern (F). Antes disso, enfrentaremos o Watford na terça-feira. Além disso, é bom ver Danny Welbeck em forma de novo, com todos esses jogos, é importante ter um elenco á altura disponível no banco de reservas. Outro ponto importante é que Lucas Perez merece de uma forma gritante a titularidade, pois teve outra bela atuação. 

Um comentário:

  1. Só na cabeça doentia do Wenger, que Lucas Perez é reserva!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.