Header Ads

Trinta e nove jogos invicto: Quem poderá nos parar?

Em busca de mais uma vitória, o Real Madrid entrou em campo neste sábado (07), visando igualar o recorde do Barcelona - 39 jogos de invencibilidade. Desta vez, o adversário foi o Granada, no Santiago Bernabeú, em Madrid.

Antes de a bola rolar, a tarde começou com muitas homenagens à Cristiano Ronaldo, que apresentou a sua quarta bola de ouro à torcida. Lendas da história do clube, como Owen, Kopa, Figo, Ronaldo Nazário e, claro, o próprio treinador Zidane, estiveram presentes no estádio. Outros, que também levantaram o troféu e atualmente treinam nos Estados Unidos e na China, Kaká e Cannavaro mandaram mensagens, que foram exibidas no telão.

Com a bola rolando, aconteceu o que se imaginava, a equipe da casa tomou as ações da partida, começou partindo para cima e não demorou muito para marcar os primeiros gols. Depois de saída errada de bola do Granada, o Real Madrid aproveitou e inaugurou o marcador com Isco, aos 11 minutos. Nove minutos depois, Modric chutou de fora da área, o goleiro espalmou a bola para frente e Benzema completou para o gol, fazendo 2 a 0.

CR7 deixou a sua marca no jogo (Foto: Getty Images)
O terceiro gol coroou o dono da festa. Aos 26', Marcelo fez linda jogada individual, passou pelo adversário e cruzou para Cristiano Ronaldo, que também deixou a sua marca num dia especial. Ainda no primeiro tempo, os merengues chegaram ao quarto gol, após Modric invadir a área com facilidade e cruzar rasteiro para Isco, que só completou para o gol: 4 a 0.

No segundo tempo, James Rodríguez e Asensio entraram nos lugares de Kross e Isco, respectivamente. Com o jogo definido, o Real Madrid diminuiu o ritmo, administrou o jogo e viu um adversário entregue em campo. Porém, aos 12 minutos, ainda deu tempo de marcar mais uma vez. Após cruzamento de James, Casemiro aproveitou, marcou o quinto gol madridista e fechou o placar, 5 a 0.

Começamos 2017 com duas grandes atuações, com Zidane rodando o time muito bem e deixando todos do elenco motivado e unidos. Até o setor defensivo, que vinha sendo um problema por conta de muitos gols sofridos, parece ter se ajustado com duas atuações bem sólidas. Pelo menos nas duas primeiras partidas, praticamente não ofereceu nenhuma oportunidade de gol aos adversários e saiu sem levar nenhum gol.

Destaque também para Marcelo, que hoje completou uma década de Real Madrid e mais uma vez fez uma grande partida. Em minha opinião, o melhor lateral-esquerdo do mundo disparado, pois não vejo nenhum que se aproxima dele. Sempre muito habilidoso e com muita raça e vontade, é um símbolo do madridismo. Após uma década, podemos afirmar que o brasileiro se tornou um dos ídolos da história gigantesca do clube.

Como um todo, foi mais uma grande atuação do time, que momentaneamente aumenta pra seis pontos a vantagem na liderança - o Barcelona ainda joga na rodada. O próximo compromisso merengue será dia 12, quando fará o jogo de volta da Copa do Rei, contra o Sevilla, no Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla. Este confronto pode marcar o 40º jogo de invencibilidade e o Real Madrid se tornaria o dono da maior série invicta da história do futebol espanhol.

Por: Matheus Aguiar
Twitter: @SiteLF / @LFEuropa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.