Header Ads

Um bom começo do JEC em um justo empate

IMG_4850
Joinville Esporte Clube - Site
Um empate justo entre Almirante Barroso e Joinville. Um jogo bem disputado no meio de campo, duas equipes que sabem atacar, porém pecam na defesa, faltam ainda com o entrosamento no meio de campo, com saídas rápidas pelas laterais. Mesmo com falhas no meio para os dois lados os times conseguiram manter um bom nível do início ao final do jogo.

Primeiro tempo

O JEC conseguiu ter um ritmo muito bom. Com bolas para o centroavante Bruno Batata, que muito marcado pouco produziu, algumas bolas alçadas durante o jogo, mas prezando sempre por reposições curtas de Jonathan que buscava na sua maioria Caíque. Nossos volantes apoiaram muito durante o primeiro tempo, com destaque ofensivo a Kadu e ótimas recuperações de Roberto.


Como se pode ver o time trabalhou em duas táticas no primeiro tempo, um 4-4-2 em linha defendendo e um 4-2-3-1 e até hora um 2-4-3-1 atacando.

Segundo tempo

O JEC e o Almirante se jogaram ao ataque, não queriam o empate de jeito algum. Com algumas alterações o jogo ficou mais aberto, com superioridade do JEC na bola rolando, mas precisão na bola parada do time de Itajaí. Aldair mudou o meio de campo do Joinville, além de Ciro somar muito na briga pelo ataque buscando mais o contato com os zagueiros e melhorando o domínio do time, já Juninho só foi aparecer para o jogo ao final Fugindo para as laterais.

Os gols saíram aos 58' com Aldair em um belo chute de fora da área, após receber bola de Alex Ruan que fez jogada pela esquerda e tocou pro meia próximo à meia-lua pela direita. O segundo do JEC veio com boa jogada de Aldair aos 81' que pela direita cortou pro meio, cruzando de esquerda na cabeça de Max que finalizou boa jogada de cabeça no cantinho de Rodolfo.


Diferente do primeiro tempo o JEC veio em um 4-1-4-1 na fase defensiva que evoluía para um 4-3-3 assimétrico, ora com Juninho, ora com Aldair ao ataque.

As análises

Jonathan - Com algumas falhas ainda carece de ritmo, porém ainda não há um concorrente a altura.

Caíque - Muito bem no apoio, também salvou uma bola em cima da linha, pouco falhou.

Henrique Mattos - O pior em campo pelo JEC é reserva e não vem aproveitando bem as chances.

Max - Evoluindo muito bem a cada partida, o canhoto tem feito boas partidas.

Fernandinho - Faz o simples, mas pode sofrer com a falta de preparo, não aguenta os 90'.

Roberto - Na sua segunda partida profissional demonstra muita qualidade, desarma muito bem e tem ótimo passe.

Kadu - Conhecemos há tempos, é o mesmo Kadu, agora com responsabilidade de carregar o piano, não decepciona.

Fabinho Alves - Muito veloz, incomodou muito a defesa adversária, chega muito ao fundo, ainda sem muito ritmo, mas irá ajudar muito.

Lúcio Flávio - É indiscutível a qualidade, porém pode ser melhor para o segundo tempo, dando vaga a Aldair.

Alex Ruan - Tem muita força na defesa, é rápido, pode continuar nessa segunda linha, como pode ameaçar Fernandinho na lateral, porém fez um primeiro tempo apagado.

Bruno Batata - Pouco jogou, foi bem marcado e não chegou a finalizar bem, não tem vaga garantida.

Aldair - Mudou o jogo, entrou chutando, tabelando, com uma assistência e um gol foi o melhor em campo.

Juninho - Entrou apagado, foi ter um pequeno destaque depois dos 80'.

Ciro - Brigou muito no ataque, não chegou a finalizar com perigo, mas vai brigar pela vaga.

Ficha técnica do JEC
Jonathan; Caíque, Henrique Mattos, Max e Fernandinho; Roberto (Juninho) e Kadu; Fabinho Alves, Lúcio Flávio (Aldair) e Alex Ruan; Bruno Batata (Ciro).

Substituições: Aldair entrou aos 45' na vaga de Lúcio Flávio, Juninho e Ciro entraram nas vagas de Roberto e Bruno Batata aos 59'.
Gols: Aldair assistido por Alex Ruan aos 58' e Max assistido por Aldair aos 81'.
Cartões: Roberto recebeu amarelo aos 18' e Aldair recebeu amarelo aos 78'.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.