Header Ads

Um turbilhão chamado Juventus Football Club

No dia 1º de novembro de 1897 um grupo de amigos unidos pela paixão ao esporte “importado” da Inglaterra (as aspas aqui ficam por conta da teoria mais aceita é a de que o futebol foi inventado na Inglaterra, mas há outras, inclusive uma de que teria sido inventado na Itália) criam una società voltada a prática do futebol. Esse parágrafo é uma paráfrase da criação da Juventus tirada do próprio site oficial do clube.

O nome da Juventus é especial, mais do que muitos podem imaginar. Primeiramente é necessário explicar que a letra “j” (i lunga) não faz parte do alfabeto padrão do italiano. Fácil perceber que os narradores, torcedores e todos na Itália leem Juventus como “Iuventus”, pois a letra “j” é uma letra “i” acentuada.

Isso ocorre, pois os criadores da Juventus, lá no final do século XIX quiserem nomear o time inspirado no latim. Juventus significa ser jovem, a juventude. Em italiano, temos a palavra gioventù, giovane, que expressam juventude e jovem, respectivamente.

A Juventus conta com o apoio da fornecedora de material esportivo Adidas para espalhar sua nova cara. Foto: Juventus.com
A Juventus sempre foi um time vanguardista, a sua maneira. Se os times têm alma, a Juventus tem coração, alma e tudo mais que você possa imaginar. Não é porque somos uma velha senhora experiente, ciente de todas as suas glórias do passado que não temos o dever de olhar para o futuro.

Desde a forma de sua criação, seu nome e sua história transformam a Juventus nesse colosso mundial que agora, mais uma vez, se reinventa para acompanhar as rápidas mudanças do século XXI, 119 anos após sua fundação.

Após essa introdução, me explico: ontem (16), como a maioria já sabe, a Juventus divulgou seu novo símbolo. O novo símbolo, conforme explicado pela instituição na figura de nomes como o do presidente Andrea Angnelli e do diretor esportivo Pavel Nedved, vem para fazer com que todas as vezes que você veja uma letra “j” você se lembre da Juventus. A Juventus deseja acompanhar o seu tempo, sem deixar sua tradição de lado e marcar época.

O presidente Andrea Agnelli é o grande idealizador da mudança e explicou os novos rumos da Juventus. Foto: Juventus.com
A partir da divulgação as redes sociais lotaram de pessoas criticando e alguns elogiando a coragem do time. Veja, será necessário um tempo para entendermos se tal modificação será benéfica para o clube. Duas coisas podem acontecer: a primeira é o plano dar certo e ficarmos marcados pelo mundo como um time que soube ver além do seu tempo. A segunda é dar errado, tal modificação ser um fracasso e deixar um gosto que apagamos muitos símbolos tradicionais de nossa história.

Eu não sei dizer se tal modificação foi positiva ou negativa. Preciso de tempo para analisar. Nada apagará nossa história, se foi um acerto, que bom! Espero que isso nos traga glórias. Se for um erro, que se perceba o mais rápido possível para contornar o erro e retornarmos para o que era antes.

Agora, o argumento de que estamos esquecendo a história e que estamos pisando na tradição é inválido. Historicamente somos vanguardistas e sempre valorizamos nosso passado. Apenas não podemos fazer deste um fardo que nos impede de alcançar nosso futuro.

A zebra, o touro, as estrelas, o azul, o amarelo, sempre estarão presentes em nossa história. Nada os apagará! O preto e branco é a alma da Juventus, esse não pode JAMAIS estar de fora. Isso é ser Juventus, gioventù, giovane.


Sugiro calma a todos os torcedores bianconeri. Vamos entender o impacto dessa mudança brusca na nossa caminhada e incentivar o time na sua incessante sede pela vitória.

Fiorentina 2x1 Juventus

Falando rapidamente sobre o jogo do último domingo (15), a Juventus perdeu em Firenze para a Fiorentina pelo placar de 2x1. Jogo polêmico, onde a torcida reclamou de um pênalti não marcado para nós, no final do jogo, que nos daria o empate.

Fato é que a Juventus não jogou bem. Voltamos a jogar no 3-5-2 por conta da suspensão de Lichtsteiner e o time não conseguiu criar chances enquanto atuou assim na primeira etapa.

Muitos torcedores pedem a cabeça de Allegri como se isso fosse a solução para os nossos problemas. Assim como na história do nosso novo emblema, temos que ver como terminaremos essa temporada.

Higuaín sempre bem colocado foi o nome do nosso gol. Como destaque negativo, coloco nosso sistema defensivo no geral, que é tão elogiado, mas que neste jogo não conseguiu parar as investidas da Viola.

Ao final da vigésima rodada do Campeonato Italiano, a Juventus lidera com 45 pontos, um a mais que a Roma e três a mais que o Napoli, porém estamos com um jogo a menos. Este é, sem dúvidas, o Campeonato Italiano mais disputado dos últimos anos.

Esses foram dias agitados em Torino. Vamos torcer para que todo esse falatório se transforme em bons resultados para nós!

Fino alla fine, FORZA JUVENTUS!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.