Header Ads

Estreia de gala no charmoso Gauchão 2017

Fernandinho comemorando o gol da vitória (Fonte: Globo Esporte)
Quase dois meses depois da partida épica e apoteótica que deu ao Grêmio o pentacampeonato da Copa do Brasil, o tricolor voltou a campo para a sua estreia em 2017. Estreia esta que era muito aguardada por conta da chegada dos novos jogadores e da solução iminente que Renato Portaluppi poderia propor para a saída de Wallace.

O termo charmoso para tratar do Campeonato Gaúcho é muito utilizado pelo Jornalista e narrador da RBS, Paulo Brito em suas narrações, principalmente nos jogos do interior do estado. Até porque, os jogos realizados em cada estádio com sua história guardam um pouco do charme que o Rio Grande do Sul sempre conservou nas tradições desde Bento Gonçalves e Giuseppe Garibaldi.

O Grêmio começaria a temporada com duas alterações (sendo uma estreia). O lateral Leonardo, de 20 anos, que chegou do Boa Esporte fez a sua partida inaugural no lugar de Edilson, que se recupera de uma cirurgia no joelho e deve desfalcar a equipe por mais 30 dias. Já o volante Jaílson ganhou a vaga deixada por Wallace e começou a temporada entre os 11 titulares de Renato Portaluppi.

No primeiro tempo, o tricolor começou em um ritmo mais cadenciado, mas mantendo o bom e velho toque de bola que consagrou o elenco em outros momentos, com o seu antigo treinador, Roger Machado. A equipe do Ypiranga, de Erechim, com isso, começava a querer ousar nos primeiros 18 minutos aproveitando o lado esquerdo do seu ataque. Algumas jogadas eram realizadas, mas não ameaçavam o gol gremista.

A partir do minuto 20 o Grêmio aumentou a pressão com os chutes de fora área e as bolas levantadas na área do time canarinho. Ramiro em um belo chute exigiu boa defesa de Carlão no canto esquerdo. O mesmo goleiro fez uma linda defesa após falta cobrada por Douglas e a cabeçada de Pedro Geromel e, em seguida, após um chute cruzado de Douglas e um desvio contra de Tairone, Carlão fez outra grande defesa.

Aos 34 minutos, após cobrança de escanteio de Luan, Marcelo Oliveira disputa no alto com o volante Henrique, e o jogador canário marca contra o patrimônio, abrindo o placar e a contagem de gols gremista para 2017. Após o gol, o técnico do Ypiranga, Carlos Moraes, avançou a marcação do seu time que começou há pressionar um pouco mais os erros de marcação no meio campo gremista. O time serrano teve pelo menos duas ótimas chances no fim do primeiro tempo. A primeira foi uma bola no travessão de Maicon, após boa trama d o Ypiranga aos 36 minutos e uma bela cabeçada do centroavante Michel, aos 45 minutos que parou na belíssima defesa de Marcelo Grohe.

Luan, muito bem marcado em campo, mas tentou algumas jogadas. Fonte: http://globoesporte.globo.com
No segundo tempo, o time canário voltou com uma postura mais ofensiva e que passou a dificultar mais o jogo gremista. A começar pela entrada do atacante Eder que deu mais poderio de fogo e incomodou mais a marcação do lado direito no time do Grêmio. O Ypiranga continuou ameaçando com chutes de fora da área e bola alçada na área e o meio campo gremista tentava achar o timing da marcação (o que é compreensível devido à falta de ritmo de jogo). O centro-avante Michel novamente ameaçou o gol de Marcelo Grohe, aos 11 minutos após uma bela cabeçada no canto esquerdo que o goleiro encaixou firme.

Renato Gaúcho, vendo a dificuldade de encaixar a marcação pela direita, resolveu tirar o estreante, Leonardo e promover a reestreia de Fernandinho. Com isso, Ramiro passou para a lateral direita e o Grêmio jogara no 4-2-1-3 com Fernandinho e Pedro Rocha jogando em lados invertidos. A melhora ofensiva do tricolor foi visível e aos 21 minutos, após trama ofensiva, Fernandinho pegou pela direita, cortou dois zagueiros e bateu rasteiro no canto esquerdo de Carlão, aumentando o placar da estreia tricolor.

Após o gol, Renato teve a tranquilidade para promover a entrada de Bolaños, no lugar de Douglas e de Everton, no lugar de Pedro Rocha (ambos os jogadores que saíram receberam cartão amarelo). Os suplentes entraram na partida com muito mais gás e melhorou ainda mais a qualidade técnica do tricolor nos últimos minutos, sendo responsáveis pela criação de algumas jogadas perigosas que poderiam ter resultado em gols para o tricolor. Mas o placar de 2X0 foi bem justo pelo que foi apresentado na partida e mostrou um time titular totalmente promissor e com um nível de entrosamento interessante. Este pode ser um trunfo para o Grêmio numa temporada que promete ser ainda mais dura.

Melhores Momentos: Grêmio 2 x 0 Ypiranga 

No final de semana, a equipe vai a Caxias do Sul, no estádio Centenário, enfrentar o Caxias que recentemente voltou à elite após o fracasso de 2015. A partida acontece no domingo, às 17 horas, com transmissão da RBS TV.

Por: Marcos Paulo Fernandes Alves || @makavista || 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.