Header Ads

Reencontrando a confiança e o futebol

Na noite de ontem o Inter entrou em campo para sua segunda partida da Primeira Liga, e entrou muito bem querendo ganhar e o fez muito bem. De pouco importam como estava o time adversário, eles decidiram não ir com força máxima. O Inter mostrou muita força e só não goleou o Fluminense por que a bendita trave atrapalhou.

O que aconteceu na quarta feira dentro do Beira Rio foi algo que não conseguíamos ver a muito tempo, Alegria. Voltamos a jogar um futebol decente, algo que tinha visto por ultimo com o Aguirre. Lógico que não está nem perto de algo de encher os olhos, mas voltar a ter um modus operandi de jogo é fantástico.

Charles o novo "Falcãozinho" cai nas graças do Inter. (Foto: Ricardo Duarte)
A coisa mais interessante era que o Internacional com três volantes estava tendo uma saída de bola qualificada, com uma transição bastante intensa. Os volantes do Inter apareciam e muito, apresentavam exatamente o que o futebol moderno os obriga, roubar bola e começar a jogadas de ataque a fim de surpreender a defesa adversária, inclusive concluindo a gol se possível.

O Colorado está colhendo os frutos dos seus ótimos volantes. Charles e Dourado já marcaram gols e são a arma principal que o Inter precisava ter. Outro que devemos bater palma é D’Alessandro, o que ele jogou ontem não pode ser mensurado, o "velhinho" de 2016 jogou 90 minutos e foi o maestro do time. Definitivamente o nosso 10 voltou.

O que ainda precisa tomar uma atenção é o ataque, os homens de frente concluem pouco e muito mal, em um campeonato de tiro longo como a Série B isso pode ser um fator de desequilíbrio. As peças de reposição nessa região estão muito saturadas e Andrigo não pode vestir a camisa do Inter.

O importante é que esse jogo contra o Fluminense trouxe alento para os próximos confrontos pelo regional, sabendo que aos poucos a coisa vai se ajeitando e que a cada jogo vamos mostrando uma melhora, a confiança do grupo e a vontade de vencer vão ser novamente implantadas dentro do elenco do Clube do Povo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.