Header Ads

Na bola parada, Sampaio perde o jogo e a liderança, em Santa Quitéria

Debaixo de muita chuva, Santa Quitéria e Sampaio Corrêa se enfrentaram na tarde deste domingo (19) pela 4º rodada do Grupo A do Campeonato Maranhense. O jogo foi realizado no Estádio Rodrigão, em Santa Quitéria. De virada, a Raposa levou a melhor sobre o Tubarão e venceu por 2 a 1.

Sampaio perdeu de virada para o Santa Quitéria, no Estádio Rodrigão (Foto: Divulgação / sampaiocorreafc.com.br)
O Sampaio abriu a contagem no marcador aos 29 minutos do primeiro tempo com Otávio. O volante tricolor acertou um chute forte de longa distância, sem chance para o goleiro Solan.

Até abrir o placar, a Bolívia Querida dominou amplamente a posse de bola e marcou mais presença no ataque. Mas após sofrer o gol, o Santa Quitéria passou a se arriscar mais no setor ofensivo e deu trabalho para a defesa do Sampaio. E aos 36 minutos, a Raposa chegou ao gol de empate. Jonas Piu-Piu aproveitou cruzamento em cobrança de escanteio, antecipou-se à zaga boliviana e mandou de cabeça para o gol.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Vinícius Saldanha fez duas alterações cruciais para a crescente do adversário. O lateral esquerdo Zadda foi substituído pelo meia Felipe Costa e o lateral direito Zé Leandro deu lugar ao atacante Henrique. Com essas mudanças, o volante Otávio passou a fazer a lateral esquerda e Ruhan foi deslocado para a direita, sua posição de origem. Dessa forma, Daniel Barros ficou sobrecarregado no setor de marcação no meio-campo.

O Sampaio tentou voltar ao domínio do placar, mas não conseguiu levar tanto perigo. O Santa Quitéria tornou a pressionar e chegou ao gol da virada. Aos 24 minutos, o zagueiro Renato “soltou a bomba” em cobrança de falta quase na entrada da área e estufou as redes do goleiro Jean.

O Tricolor se lançou ao ataque com muito ímpeto e ainda conseguiu acertar o travessão em uma cabeçada de Carlos Alberto, que entrou no lugar de Cleitinho, mas foi só. O time da casa ainda explorou os contra-ataques e por pouco não ampliou o placar, próximo ao fim do jogo.

O desempenho do time e as alterações durante a partida colocaram em descrédito o trabalho do técnico Vinícius Saldanha, que foi muito contestado após o término do jogo pelos torcedores bolivianos presentes no estádio. O time tem apenas uma vitória no campeonato, justamente sobre o Santa Quitéria, na estreia.

Com essa derrota, o Sampaio caiu para o segundo lugar do grupo, já que o Imperatriz venceu o São José por 2 a 1, no Estádio Dário Santos, em São José de Ribamar, também na tarde deste domingo, e agora lidera com oito pontos. O Santa Quitéria chegou aos cinco pontos, mesma pontuação do Sampaio, mas o Tricolor tem vantagem no saldo de gol.

O próximo embate da Bolívia Querida será contra a Juazeirense, pela 4ª rodada do Grupo C da Copa do Nordeste, na quarta-feira (22), às 19h30, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA). Pelo Maranhense, o Sampaio enfrentará o São José. A FMF havia definido o jogo para o dia 25, próximo sábado, mas a CBF marcou a partida contra o Guarani de Juazeiro (CE), pela segunda fase da Copa do Brasil, para o dia 26/02 (domingo de carnaval) e acabou alterando para o dia 1º de março, quarta-feira, a pedido da FMF e da diretoria do time maranhense. Assim, não há definição de data para a partida contra o Peixe-Pedra.

FICHA DE JOGO:
SANTA QUITÉRIA 2 X 1 SAMPAIO CORRÊA
Local: Estádio Rodrigão, Santa Quitéria (MA)
Data: 19 de fevereiro de 2017, domingo
Horário: 15h45
Árbitro: Paulo Sérgio dos Santos Moreira
Gols: Jonas Piu-Piu, aos 36’ 1ºT, e Renato, aos 24’ 2ºT; Otávio, aos 29’ 1ºT
Cartões amarelos: Anderson e Léo Ares (Santa Quitéria); Jean, Henrique e Otávio (Sampaio Corrêa)

Santa Quitéria: Solan; Thiaguinho, Renato, Patrick e Pedro Júnior; Davis (Léo Ares), Tim Marco (Rodrigo), Marciano e Alessandro (Anderson); Jonas Piu-Piu e Rogerinho. Técnico: Marquinhos Fumê.

Sampaio Corrêa: Jean; Zé Leandro (Henrique), Breno, Marques e Zadda (Felipe Costa); Otávio, Daniel Barros, Cleitinho (Carlos Alberto), Ruhan e Hiltinho; Guilherme. Técnico: Vinícius Saldanha.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.