Header Ads

Ceará 4 x 1 Uniclinic: 100 vezes Magno Alves

Ceará goleou o Uniclinic com direito ao centésimo gol do atacante Magno Alves e carimbou vaga nas semifinais do estadual.

Hoje em dia é muito difícil encontrar um jogador de futebol que consegue marcar 100 gols por um clube, mas Magno Alves com seus 41 anos conseguiu tal feito. Em mais uma partida onde ficou evidente que o Ceará segue em evolução, o time alvinegro fez 4 a 1 no Uniclinic e garantiu presença na próxima fase do Campeonato Cearense.

Magno Alves fez seu 100º gol pelo Ceará. FOTO: CearaSc
O jogo

No primeiro tempo as principais chances foram do Uniclinic, mas assim como no jogo de ida o Vozão soube aproveitar a chance que teve, aos 19 minutos Romário cobrou falta na área e o zagueiro Luiz Otávio empurrou para o gol. A águia chegou com perigo aos 25 com Jerson em um chute forte e ainda obrigou ao goleiro Everson a intervir em outras três oportunidades.

Luiz Otávio marcou o 1º gol do Ceará. FOTO: CearaSc
Precisando da vitória o Uniclinic partiu para o ataque e novamente o Ceará marcou, após desvio de Richardson, Victor Rangel marcou seu primeiro gol pelo Ceará. Aos 11 minutos foi a vez dele, Magno Alves recebeu dentro da área, driblou o goleiro e mandou para as redes. A vantagem que já era grande ficou ainda maior quando o zagueiro Luiz Fernando foi expulso, o Uniclinic conseguiu marcar aos 35 minutos em cobrança de pênalti de Netinho, o mesmo Netinho quase fez o segundo em cobrança de falta minutos depois. Para fechar a tarde alvinegra com chave de ouro faltava o gol 100 de Magno Alves e esse veio aos 45 minutos, após passe do volante Raul o bom velhinho não perdoou e deu números finais a partida.

Assim como no jogo de ida não jogamos bem no primeiro tempo o adversário foi mais incisivo, mas fizemos o necessário. Já na segunda etapa o time evoluiu e jogou de forma inteligente, com isso os gols (o segundo e o terceiro) saíram naturalmente. Com 3 x 0 no placar e já classificado Givanildo realizou as substituições para testar jogadores como Ricardinho, Jackson Caucaia e Wallace Pernambucano (estreia) esses que por sinal não comprometeram e devem ter agradado ao treinador.

Magno Alves e Ceará: A união que deu certo

Magno Alves e sua história no Ceará. FOTO: Davi Maia
O baiano Magno Alves de Araujo desembarcou em Porangabussu em Julho de 2010, aos poucos foi conquistando seu espaço e marcou seu primeiro gol pelo Ceará na 18º rodada do Brasileirão daquele ano contra o Atlético/PR. O então camisa 96 firmou-se no time titular e foi peça fundamental para a boa campanha do time alvinegro na competição que culminou com a conquista da vaga na Copa Sul-Americana, em 2010 foram 21 jogos e nove gols assinalados.

A segunda passagem do ídolo Magnata pelo Ceará ocorreu em Setembro de 2012, mas ele sentiu o mau momento do time na reta final do brasileiro e em 12 jogos conseguiu marcar apenas um gol, de pênalti contra o América/RN. Já em 2013 foi o artilheiro do Vozão e o vice do Brasil (Naquela ocasião ficou atrás de Hernane Brocador até então jogador do Flamengo), os seus 34 gols em 62 partidas foram de suma importância para o clube, principalmente no segundo turno do brasileirão onde o Ceará quase conseguiu o acesso para a primeira divisão.

Em 2014 o incansável Magno Alves melhorou ainda mais os seus números, em 60 partidas marcou 38 vezes e conseguiu ser o artilheiro do Brasil daquela temporada, vale ressaltar que Magno ainda foi o artilheiro da Copa do Nordeste com oito gols. No ano de 2015 jogou pelo clube até o inicio de maio quando se transferiu para o Fluminense (outro clube no qual é ídolo), em 25 jogos conseguiu fazer 11 gols, sendo quatro desses na Copa do Nordeste.

Antes de ir embora em 2015 ele deixou bem claro ''Um dia eu vou voltar, quero marcar 100 gols pelo Ceará'', o seu retorno tão esperado pelo torcedor finalmente aconteceu e o bom velhinho não desapontou seus súditos, já são sete gols em 13 partidas. Juntando as três passagens pelo clube, são 193 partidas e 100 gols assinalados, conquistou dois Campeonatos Estaduais (2013 e 2014), uma taça dos Campeões Cearenses (2014) e uma Copa do Nordeste (2015).

Além de gols, Magno Alves acumulou títulos no Ceará. FOTO: Opovo
Hoje ele é o sexto maior artilheiro da história do Ceará, está atrás de Gildo (261 gols), Mitotonio (151 gols), Sérgio Alves (141 gols), Pipiu (115 gols) e Antonino (110 gols). Continuando nesse ritmo Magno tem tudo para assumir a quarta posição do ranking, tendo em vista que seu contrato com o alvinegro é até o final da Série B.

Próxima Partida

O próximo compromisso do Ceará será contra o Guarani de Juazeiro pela semifinal do estadual, essa fase do campeonato e a final acontecerão em melhor de três jogos. A primeira partida ocorrera no dia 05/04 e para esse confronto o zagueiro Luis Otávio cumprirá suspensão automática.

FICHA TÉCNICA - CEARÁ 4 X 1 UNICLINIC

CEA: Everson, Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio, Romário, Raul, Richardson (Jackson Caucaia), Felipe Menezes (Ricardinho), Lelê, Victor Rangel (Wallace Pernambucano) e Magno Alves. T: Givanildo de Oliveira

UNI: Dionatan, João Neto, Luiz Fernando, Airton Jr, Anderson Sobral, Guidio (Vanim), Lincol, Jerson, Netinho, Preto (Denilson) e Edson Cariús (Leylon). T: Anderson Silva

CARTÕES AMARELOS: CEA: Felipe Menezes, Cametá, Luiz Otávio e Rafael Pereira / UNI: Luiz Fernando, Preto, Lincol, Jerson.
CARTÕES VERMELHOS: UNI: Luiz Fernando
GOLS: Luiz Otavio (19/1T); Victor Rangel (5/2T); Magno Alves (11/2T) (45/2T) e Netinho (35/2T).

Davi Maia | @davims 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.