Header Ads

Empate com cara de derrota

Mais um jogo, menos uma vitória. O Vasco quase saiu com mais uma derrota. Com gol no finalzinho do segundo tempo, o time conseguiu empatar, mas não conseguiu convencer.

Fonte: Uol
O primeiro tempo da partida não foi lá essas coisas. Nenhum dos times mostrava um futebol muito competente. O Vasco até teve algumas chances, mas pecou nas finalizações. As melhores oportunidades foram com Thalles aos 21 minutos e Kelvin aos 30’, mas os dois perderam o gol.

O Vitória levava pouco perigo, a melhor chance da equipe foi com Gabriel Xavier, aos 40’, mas ele adiantou e Martín Silva conseguiu chegar. Aos 46 minutos Euller fez a segunda falta em cima de Kelvin, levou o segundo amarelo e foi expulso do jogo. Tudo que o Vasco precisava para fazer um segundo tempo melhor. 

Fonte: oglobo
Com um a mais em campo, o time carioca deveria ir com tudo na segunda etapa. Mas não foi isso que aconteceu. A equipe não conseguia manter o volume de jogo, nem criar boas oportunidades, quase não levava perigo.

Enquanto o Vasco não aproveitava as chances, o Vitória não deixou escapar. Aos 22’ Manga, estreante vascaíno, colocou a mão na bola dentro da área, pênalti para o time visitante. Patric bateu e marcou, 1x0 para o Vitória.

Depois disso o Cruz-Maltino tentou reagir, chegou a acertar a trave com Gilberto, aos 32 minutos, mas parecia que nada dava certo. O empate veio com um pênalti polêmico aos 47’ do segundo tempo. Nenê foi derrubado por David e o juiz marcou pênalti, o próprio camisa 10 bateu e fez para o time da casa. A partida terminou empatada, 1x1. O Vasco, que jogava e casa, não convenceu o torcedor. Cristóvão Borges recebeu muitas vaias e os torcedores pediram a saída dele.

O jogo de volta será na casa do Vitória, e se os times ficarem no 0x0, quem leva é o Leão. O placar de 1x1 leva pros pênaltis. O Vasco só fica com a vaga se empatar a partir de 2x2 ou se ganhar o jogo.

Ana Clara Soares (@AnaClaraSoares1)

Ficha técnica:

Vasco: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques (Jomar), Rodrigo e Henrique; Douglas e Jean; Kelvin (Muriqui), Nenê e Escudero (Manga Escobar); Thalles. Técnico: Cristóvão Borges

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; José Welison e Willian Farias; Paulinho (Geferson), Cleiton Xavier (David) e Gabriel Xavier (Bruno Ramires); Kieza. Técnico: Argel Fucks

Cartões amarelos: Gilberto (Vasco); Willian Farias, Euller, Paulinho, David e Kanu (Vitória)
Cartão vermelho: Euller (Vitória)
Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.